Anuncie aqui

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Denúncia: lixão no residencial Júlia Almeida gera reclamações de moradores

Lixão no Júlia Almeida: Animais mortos, resto de construções e muito urubus
Moradores que não suportam mais conviver com a fedentina do lixão que começa a se forma no residencial Júlia Almeida denunciaram para este blogueiro e pedir providências para as autoridades competentes.

O lixão fica as margens da Avenida Luís Firmino de Sousa no residencial Júlia Almeida, e por lá é facilmente encontrado resto de construção, animais mortos e muitos urubus. “Não aguentamos mais conviver com esse mau cheiro das carniças jogado neste local, além dos urubus a todo os momentos”, disse uma moradora.

Uma grande extensão da lateral da via pública já começa a ser tomada por este novo lixão naquele bairro que incomoda os moradores mais próximos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário