segunda-feira, 31 de outubro de 2016

"Concessão do serviço de água de Timon foi desnecessária", afirma ex-diretor do SAAE

O ex-diretor do SAAE, Luiz Cláudio através do aplicativo Watsapp entrou em contato com o Blog do Eduardo Rego para falar sobre a concessão feita no sistema de abastecimento de água de Timon. Hoje o sistema de abastecimento de água e saneamento na zona urbana da cidade é de responsabilidade da empresa Águas de Timon. 

Veja abaixo o que o ex-diretor do SAAE fala sobre a concessão:

"A concessão do serviço de água de Timon foi desnecessária. Não existe investimento privado que justifique, pois o dinheiro investido está vindo das tarifas. Ou seja, tudo que a Águas de Timon esta fazendo, o próprio município poderia fazer, cobrando as mesma tarifas. Para mim isso sempre esteve claro, e o povo foi enganado. Veja o seguinte o SAAE tinha 43.000 ligações final de 2012 daí entraram mais 2.500 casas do programa MCMV fora os dos Cocais e outras casas isoladas hoje deve ter próximo a 48.000 ligações se considerar que temos 10.000 com hidrômetros com preço médio de 100 reais e os outros 38.000 ainda com tarifa mínima de 31 reais temos então um faturamento de no mínimo R$ 2.178.000 se multiplicarmos por 17 meses de operações em Timon já teriam faturado +/- R$ 37.026.000 se alegam que investiram R$ 26.000.000,00 então comprova que estão investindo com o próprio dinheiro do povo logo o SAAE era é viável basta ajustar a tarifa com redução e 30% mas colocar sim hidrômetros em todas as casas para que todos paguem o que consomem, aí sim teremos o que é do povo comandado pelo povo de Timon e o dinheiro ficando em nossa cidade e não no Mato Grosso", disse o ex-diretor do SAAE, Luiz Cláudio Lima Macedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário