Anuncie aqui

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Flávio Dino muda o discurso e faz alerta sobre a crise

Ronaldo Rocha - O governador Flávio Dino (PCdoB) adotava até agora o discurso de que, sob sua batuta, o estado do Maranhão mantinha excelente equilíbrio fiscal e financeiro, com honra de seus compromissos com o funcionalismo e investimentos dentro da realidade possível.

Desde que foi anunciado o recurso extra de R$ 380 milhões, repassados pelo Governo Federal como cota do dinheiro repatriado do exterior – e a consequente cobrança de que este recurso deveria ser partilhado com os demais poderes – o discurso do governador mudou.

Agora, ele tem usado seu perfil na rede social Twitter para afirmar que “a crise é grave e, caso se agrave, não poupará ninguém”.

A mudança de discurso do governador justamente quando o Maranhão recebe aporte milionário que não estava previsto em nenhum ponto do orçamento para 2016 soa sovina. Fica parecendo que Dino não quer repartir o que recebeu a mais, sob a alegação de que precisa corrigir receita.

No total, o Maranhão recebeu nesta quinta-feira, 10, nada menos que R$ 620 milhões em recursos não previstos, uma bolada que passará a circular no estado, de uma forma ou de outra. São os R$ 380 milhões do Governo do Estado e quase R$ 240 milhões para as prefeituras.

Dino pode até se negar a dividir parte dos recursos com outras instituições que também estão com o pires nas mãos. Mas não terá como negar ao funcionalismo benefícios que eles lutam desde que este governo assumiu. Basta querer fazer.

Da coluna Estado Maior, de O Estado do Maranhão

Nenhum comentário:

Postar um comentário