quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Senadores do Maranhão jogam pesado para tirar Gastão do FNDE

Os três senadores maranhenses, liderados pelo “socialista” Roberto Rocha, estão
jogando pesado, junto ao presidente Michel Temer para demitir o ex‐ministro Gastão Vieira da presidência do FNDE, e nomear no lugar Pedro Maranhão, afilhado de Rocha.

A disputa pelo cargo tem uma fonte de inspiração, que cheira a zinabre: R$ 59,98 bilhões no orçamento federal de 2016. É mais dinheiro do que alguns ministérios dos pequenos juntos. A função do órgão: prestar assistência técnica e financeira e executar ações que contribuam para elevar a qualidade do ensino. 

Roberto Rocha teria dito a Temer que Gastão foi nomeado por Dilma e hoje é aliado de Flávio Dino. João Alberto e Lobão foram ao presidente pedir a cabeça do ex‐colega do PMDB. “É, já pensei mesmo em substituí‐lo”, teria dito Temer, segundo Alberto.

Michel Temer ainda não disse sim nem não. Afinal, Gastão Vieira é ex‐deputado, já foi do PMDB de José Sarney e hoje está no Pros, legenda aliada ao Planalto. O pedido já demora um mês e agora a pressão aumentou, em nova investida. Temer está à espera de uma solução mais à frente. (O Imparcial)

Nenhum comentário:

Postar um comentário