Anuncie aqui

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Alexandre Almeida denuncia o desrespeito de secretários de Dino com AL

Deputado Alexandre Almeida (PSD)
Jorge Aragão - Na última sessão ordinária da Assembleia Legislativa antes do Carnaval, o deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) fez um duro discurso contra uma prática que ele considera reiterada de alguns secretários do Governo Flávio Dino (PCdoB).

O parlamentar afirmou que alguns secretários estão se negando ou retardando a fornecer informações públicas para a Assembleia Legislativa.

“Eu protocolei no início de dezembro informações sobre a estrada entre Timon e Matões, reiterei a solicitação quando o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, esteve aqui na Assembleia e ele ficou de encaminhar, mas até agora nada. Aqui o secretário de Infraestrutura se porta de uma maneira, mas na prática faz totalmente diferente. Agora pedi a Secretaria de Segurança Pública a quantidade de registros de crimes contra o patrimônio, furto, roubo, na cidade de Timon e em toda a região que a Delegacia Regional de Timon tem circunscrição. Também pedi a quantidade de homicídios registrados, mas infelizmente, até o presente momento, a Secretaria de Segurança Pública não forneceu as informações solicitadas”, lamentou.

Alexandre Almeida lembrou que essa é uma prerrogativa dos deputados estaduais e que lamenta a postura que está sendo adotada por alguns secretários do Governo Flávio Dino. O parlamentar disse que já precisou ir à Justiça, pelo menos duas vezes, para conseguir informações que deveriam ser divulgadas naturalmente a Assembleia Legislativa.

“Estou registrando que mais uma vez o Governo Flávio Dino está negando informações e se não receber essas informações, irei novamente ingressar na Justiça. Em 2015, eu solicitei informações da Secretaria de Ciência e Tecnologia, não recebei a tempo, entrei com mandado de segurança e na hora que o juiz estava despachando a decisão, determinando ao secretário para me repassar as informações, os documentos chegaram. Recentemente aconteceu o mesmo com o DETRAN. Tenho que entrar todas as vezes com mandato de segurança, será?”, questionou.

Alexandre Almeida finalizou o discurso querendo entender os motivos que levam os secretários a sonegar as informações aos parlamentares.

“Será se é essa a marca do Governo Flávio Dino? Será se essa é a postura de um governo que se dizia ser transparente, cumpridor das leis? Será se de fato é esse o governo da mudança que chegou ao Maranhão, que não tem capacidade de fornecer informações que são públicas. Tem alguma coisa a esconder? Há uma distância quilométrica entre o discurso e a prática. Eu espero que o Governo Flávio Dino, que aquele governador que esteve aqui nesta Casa dizendo que o seu Governo era transparente, saia do campo da conversa, do campo do gogó e passe à prática”, finalizou.

Com a palavra o Governo Flávio Dino e seus asseclas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário