Anuncie aqui

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Oposição na Câmara de Timon foi fundamental na aprovação do reajuste salarial dos professores

Reajuste salarial só foi aprovado por causa do apoio da oposição
Blog do Ludwig - Uma vitória dos vereadores de oposição em Timon nestes últimos dias. A Lei Complementar Municipal nº 046 que reajusta de forma retroativa o piso salarial dos professores de Timon em 7,64%, onde o salário-base passa dos atuais R$ 2.135,64 para R$ 2.298,80, respeitando a determinação do Ministério da Educação (MEC), só foi aprovado na Câmara com a contribuição dos vereadores de oposição. Sem os dois terços necessários para a aprovação dessa Lei, foi necessário um vereador da base governista manter diálogo com os de oposição e pedir pra que estes ajudasse.

Segundo informações obtidas pelo blogueiro Ludwig Almeida esse projeto teria chegado um dia antes da votação em plenário da Câmara de Timon e a oposição só tomou conhecimento às 8 horas da manhã do dia seguinte. E quando chegou no plenário o vereador Jair Mayner ficou responsável de manter o diálogo onde pediu que os oposicionista votasse pela aprovação do aumento salarial do professores de Timon.

Oposição comemora

"Apesar do prefeito ter a maioria só foi possível a aprovação do aumento dos professores e demais servidores da Educação com o apoio da oposição, isso mostra que não fazemos oposição por fazer. Mostra ainda que estamos certo, que eles não conseguem governar sem a oposição. E só temos a lamentar porque o prefeito deu apenas o piso salarial e não nos deu a oportunidade de debater melhor a matéria para que houvesse um aumento maior", disse o vereador Anderson Pêgo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário