Anuncie aqui

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Timon: Inscrições para o Enem podem ser feitas na FUNDACAM

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017 começaram e terminam dia 19 de maio, pelo site do Enem. Na sede da Fundação José Celso Martins- FUNDACAM o candidato pode fazer a inscrição.

De acordo com o professor Fernando Rodrigues Neto, estudantes da cidade de Timon, que não tem acesso a internet, podem fazer as inscrições, gratuitamente, na sede da FUNDACAM utilizando dos computadores do órgão. Para isso basta o candidato apresentar a identidade, cpf e um comprovante de residência. No local o aluno pode solicitar também a impressão da taxa de inscrição para a prova que, este ano , é de R$ 82, que deve ser paga até o dia 24 de maio.

A FUNDACAM não cobra nenhuma taxa pelo serviço prestado a comunidade para realização da inscrição via internet.

Segundo a Agência Brasil, pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

Em mais uma das mudanças anunciadas para este ano, a prova, que antes era realizada no sábado e no domingo, será feita em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza. Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

As inscrições na sede da FUNDACAM estão sendo realizadas nos horários de 8 às 11 horas da manhã e de 14 às 17 horas da tarde. 

(Assecom/CMT)

Nenhum comentário:

Postar um comentário