quinta-feira, 20 de julho de 2017

Levados para o PSB por Eduardo Campos são os que mais reclamam de perseguição no partido

A reclamação de perseguição surgiu quando os deputados votaram a favor da reforma trabalhista
São os deputados levados para o PSB pelo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, morto em 2014, os que mais reclamam sobre perseguição pelo presidente do partido, Carlos Siqueira. Tudo começou quando votaram a favor da proposta da reforma trabalhista apresentada pelo governo de Michel Temer. 

A insatisfação de parlamentares como Heráclito Fortes (PI) resulta em conversas com outras legendas, como o DEM, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. 

(Coluna Expresso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário