Anuncie aqui

sábado, 1 de julho de 2017

"Não aprovação do Timon Junino pelo Governo do Maranhão é perseguição política", afirma Alexandre Almeida

Timon Junino de 2016 foi um sucesso de público
O deputado estadual Alexandre Almeida (PSD) reuniu na noite desta sexta-feira, 30, representantes culturais timonenses e correligionários para esclarecer a todos sobre a situação do Timon Junino 2017, que ainda não obteve aprovação do Governo do Estado do Maranhão para a sua realização. Alexandre contou que o projeto foi protocolado ainda no mês de abril na secretaria de Estado da Cultura, mas que até o presente momento o governo não se posicionou sobre a aprovação do mesmo.

O parlamentar destacou que todas as edições anteriores  do Timon Junino tiveram seus projetos e prestações de contas aprovadas e que não existe nada pendente, por isso ele afirma que entende a não aprovação do projeto deste ano como perseguição política. "Só podemos concluir uma coisa, o governador junto com seu grupo político aqui em Timon, por questões políticas, tomou a decisão de não aprovar um projeto importante para a cidade de Timon, que é o Timon Junino" pontuou.

Socorro Coutinho, representante do Boi Mimo de São Jorge, conta que foi o Timon Junino que teve a missão de resgatar a cultura timonense, quando surgir quatro anos atrás, e que a sua não realização este ano prejudica não só os grupos de Bumba Boi e Quadrilhas Juninas, como também a economia local. "Muitos grupos deixaram de sair este ano por que estavam esperando o Timon Junino acontecer, com isso eles não foram ao comércio comprar o material para fazer as roupas e também muitas pessoas que vendem comidas e bebidas perderam aquela renda extra que tinham com o Timon Junino", afirmou.

O vereador Anderson Pego (PRB), que também esteve presente, informou que há outros dois projetos apresentados pelo deputado Alexandre Almeida, Copa Timon de Beach Soccer e Campeonato  Rural, que já foram aprovados, mas que aguardam a mais de um ano apenas a assinatura do secretário para serem realizados. "Isso mostra que a única dificuldade colocada pelo governo para não aprovar este projeto é apenas a questão política", destacou o vereador.

Alexandre Almeida disse que ainda tem esperança de que o projeto seja aprovado e que a cultura de Timon não seja colocada em segundo plano pelo Governo do Estado, apenas por questões políticas. "Ainda aguardamos uma resposta de um governo que se diz de todos os maranhenses, de todos os timonenses. Timon e a cultura timonense exigem respeito e aguardam a realização do Timon Junino 2017", concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário