sábado, 22 de julho de 2017

Não funcionou

O governador Flávio Dino (PCdoB) e seus principais aliados se viram às voltas, nos últimos dias, com mais uma pesquisa eleitoral que aponta o bom desempenho da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Contratado por pessoas ligadas ao deputado federal Waldir Maranhão (PP) – aliado do comunista –, o levantamento do instituto Perfil aponta a peemedebista empatada tecnicamente com o governador.

E mais: mostra que a ex-governadora está na frente em Imperatriz, segundo maior colégio eleitoral do Maranhão, onde, historicamente, sempre enfrentou resistência do eleitorado.

Diante de cenário tão adverso, não restou a Dino outra saída que não recorrer ao já conhecido instituto Exata. O mesmo que sempre é usado pelo Palácio dos Leões para contrapor pesquisas que lhe desfavorecem.

Dessa vez, contudo, o efeito não foi o esperado. Por alguns motivos óbvios: a pesquisa Perfil foi contratada por um aliado do governador, então não se pode dizer que foi feita para agradar adversários.

Além disso, esse já é o terceiro levantamento que aponta liderança de Roseana ou empate entre ela e Flávio Dino – antes, chegaram a conclusões parecidas o Escutec e o instituto Guimarães. Isso sem contar um levantamento do prefeito 
Hilton Gonçalo, que acabou engavetado.

Três institutos apontam para o mesmo caminho. Só o Exata mostra cenário que agrada a Dino. (Coluna Estado Maior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário