Anuncie aqui

segunda-feira, 5 de março de 2018

Em acalorado discurso, vereadora Professora Cláudia exige Eleição da Mesa Diretora e oficializa pré-candidatura a deputada federal

A parlamentar oficializou sua pré-candidatura a deputada federal
Durante pronunciamento na tribuna da Câmara de Timon, na sessão ordinária desta segunda-feira (5), a vereadora professora Cláudia Regina (PMB) foi enfática ao se posicionar sobre a Eleição da Mesa Diretora, que segundo ela foi suspensa por manobra política.

Em seu discurso, Cláudia afirmou que não há nenhuma "força oculta" pairando sobre a situação, e garantiu que a divisão do grupo se deu pela falta de habilidade do vereador Juarez Morais, até então único candidato à presidência da Casa. Sobre o vereador, a parlamentar garantiu que não tem nada contra ele, "mesmo ele a tendo feito chorar", e alfinetou que palavra é algo que se deve manter e cumprir. Ela esclareceu, ainda, que após a traição que sofreu, não tinha como permanecer no mesmo grupo. 

"Nós iremos, sim, administrar esta Casa com os 21 vereadores, seja hoje, amanhã ou em dezembro, e está na hora de aqueles que se dizem amigos do prefeito deixarem de mandar recado plantando a discórdia. Não somos contra o prefeito. Nós queremos é mostrar o nosso valor e a nossa competência para administrar a Câmara, assim como o presidente Uilma teve quando assumiu esta missão", declarou a parlamentar ao solicitar que a CCJ defina imediatamente o prazo para a Eleição da Mesa Diretora. 

Na oportunidade, professora Cláudia também destacou o Encontro Estadual do PMB, do qual participou no último sábado, em São Luís. Ao se posicionar sobre as eleições, a parlamentar oficializou sua pré-candidatura a deputada federal pela sigla, e defendeu que Timon precisa eleger deputados da cidade ao invés de deputados de fora, que segundo ela "só descem de avião na cidade para pegarem os votos e depois esquecem o povo".

Nenhum comentário:

Postar um comentário