Anuncie aqui

domingo, 12 de maio de 2019

A fragilidade política do prefeito Luciano Leitoa na Câmara de Timon

Base governista pode reduzir ainda mais na Câmara de Timon
Prefeito de Timon, Luciano Leitoa 
Com um segundo mandato em franca decadência, o prefeito Luciano Leitoa (PSB) está a cada dia mais fragilizado na Câmara de Timon. Aqueles que acompanham com frequência as sessões na chamada Casa do Povo tem estranhado a ausência constante de alguns parlamentares da base governista nos debates com a oposição em defesa do governo.

Também tem chamado muita atenção dos frequentadores das sessões na Câmara de Timon a quase inexistente defesa do governo na Casa pelos vereadores chamados "Puro-sangue" (Leitoas históricos).

Outro fator que escancara a fragilidade política do prefeito Luciano Leitoa na Câmara de Timon é o comando pela oposição de todas as Comissões Permanentes daquela Casa. A base oposicionista através dos membros das Comissões Permanentes tem feito um papel de fiscalização ao governo municipal jamais visto na história política daquela Casa, atuação que vem incomodando bastante a alta cúpula da gestão Leitoa.

Pode piorar

A situação de enorme fragilidade política que prefeito Luciano Leitoa passa na Câmara de Timon, pode piorar ainda mais em breve. Segundo informações de bastidores da política timonense, a base oposicionista na Câmara de Timon que atualmente é composta por 11 vereadores dos 21, em breve pode chegar a 14 ou 15 e a base governista que hoje tem apenas 9 parlamentares pode se reduzir a 7 ou 6.

Que fase hein!

Nenhum comentário:

Postar um comentário