Anuncie aqui

domingo, 1 de março de 2020

Veja como pode ficar a nova composição partidária da Câmara de Timon

Vários vereadores devem mudar de partido com a abertura da Janela Eleitoral na próxima quinta-feira, 5 
Com a abertura da Janela Eleitoral, período em que vereadores podem mudar de partido para concorrer à eleição de outubro, sem risco de perderem os mandatos, a Câmara Municipal de Timon terá uma nova composição partidária a partir do próximo mês. A Janela Eleitoral terá início na próxima quinta-feira, 5 e se encerra no dia 3 de abril. Veja como pode ficar a nova composição partidária no Poder Legislativo de Timon.

Situação 

Na base do governo, as mudanças partidárias devem acontecer em menor proporção. No PSB, os vereadores José Carlos Assunção, Chagas Cigarreiro e Jair Mayner devem permanecer no partido. No PDT, Uilma Resende e Felipe Andrade também devem continuar na legenda. O vereador Ivan do Saborear continuará no PTB, Coca do Matapasto já comunicou que deixará o Solidariedade e seu destino pode ser o PT, Patriota ou PCdoB. O vereador Celso Tacoane continua no PCdoB. 

Independentes 

O vereador Juarez Moraes deixa o Solidariedade para ingressar no Partido Social Cristão (PSC). A vereadora Cláudia Regina ainda não definiu sua nova legenda, mas está praticamente certo que deixará o Partido da Mulher Brasileira (PMB). O vereador Francisco Torres deve trocar o MDB por um partido governista, que pode ser o PTB, Patriota ou PCdoB.

Oposição 

O vereador Luís Firmino de Sousa Neto, Dr. Tuá deixará o PMN para ingressar em um partido de oposição que ainda não está definido, Henrique Júnior troca o PMN pelo Podemos. O vereador Kaká do Frigossá sai do PSB e seu destino pode ser o Democratas, Raimundo da Ração troca o Solidariedade pelo PSL, Helber Guimarães deixa o Patriota e seu destino deve ser o Republicanos. Adão da Ceasa deve trocar o PL pelo PSDB ou Republicanos. Anderson Pêgo permanece no PSDB, Ramon Júnior fica no Progressista, Socorro Waquim continua MDB e Antunes Macedo fica no PSDB, mas já comunicou que não será candidato a reeleição.

Só nos resta aguardar o fechamento da Janela Eleitoral no dia 3 de abril para ver como ficará em definitivo a nova composição partidária da Câmara de Timon.

Nenhum comentário:

Postar um comentário