Anuncie aqui

domingo, 29 de outubro de 2017

E tome crise! Base Leitoa rachada na Câmara de Timon

Crise na base Leitoa na Câmara de Timon
Se já não bastasse a instabilidade financeira e administrativa no início do segundo mandato do governo Leitoa em Timon, agora explode uma enorme crise política na sua base de sustentação na Câmara de Vereadores. A eleição da nova Mesa Diretora da Câmara de Timon que acontece apenas em abril de 2018, já deixa marcas irreparáveis, causando um racha na base do prefeito Luciano Leitoa na naquela Casa. 

O retorno repentino dos três vereadores titulares Jair Mayner (PSB), Hélber Guimarães (PEN) e Chagas Cigarreiro (PSB) a Câmara de Timon pegou todo o governo e a classe política timonesse de surpresa. Consta que isso foi uma clara demonstração de que o prefeito Luciano Leitoa entrou de vez na "briga" da eleição da nova Mesa Diretora, para assim, tentar eleger o vereador Jair Mayner presidente, o seu preferido.

Ausência notada

Uma clara demonstração da divisão na base do prefeito Luciano Leitoa na Câmara de Timon, foi a ausência de grande parte dos vereadores da situação na abertura da Semana de Ciência e Tecnologia do Maranhão que aconteceu na noite da última quarta-feira (25). Nem a presença do governador comunista Flávio Dino foi capaz de motivar a base leitoista na Câmara a marcar presença ao lado prefeito de Timon, Luciano Leitoa e do suplente de deputado Rafael Leitoa (PDT).

Perdas de espaços

O Blog do Eduardo Rego recebeu informações de uma fonte fidedigna de que os vereadores contrários as intenções da cúpula governista para eleger o vereador Jair Mayner começam a perder espaços importantes na gestão Leitoa. Chamado de "G8" - grupo dos oito -, contrário a orientação de votar no vereador Jair Mayner seguem unidos até o momento em prol do vereador Juarez Mores (SD) como pré-candidato presidente da Câmara de Timon. É aguardar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário