Anuncie aqui

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021 às 14:26

Coelho Neto garante participação em evento do Sebrae

O município de Coelho Neto garantiu representação no V Encontro Estadual de Atores de Desenvolvimento do Maranhão, promovido pelo Sebrae em São Luís. 

A comitiva é composta pelos servidores Ana Lúcia e Humberto, da Secretaria de Indústria e Comércio, além do secretário de Comunicação Samuel Bastos. 

Durante a programação foi promovido um momento para alinhamento das equipes de comunicação dos municípios que integram o Programa Cidade Empreendedora. 

“Nossa participação aqui reforça o compromisso assumido pelo prefeito Bruno Silva ao aderir o Programa Cidade Empreendedora que por meio da Secretaria de Indústria e Comércio, retomaram a parceria do município com o Sebrae. Haveremos de contabilizar muitas conquistas por meio desse programa porque Coelho Neto será cidade empreendedora”, explicou o secretário de Comunicação, Samuel Bastos.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021 às 16:33

"O Comandante Schnneyder será o mais votado em Timon", afirma ex-vereador

Dr. Tuá acredita que Schnneyder será o mais votado para deputado estadual na cidade de Timon e com chances de sair eleito do município

Há pouco menos de um ano para as eleições de 2022, a cidade de Timon que respira política 24 horas por dia já começa a esquentar o clima nos bastidores. Terceiro maior colégio eleitoral do estado com mais de 100 mil eleitores, a disputa nas eleições de 2022 em Timon deve ser uma das mais esperadas pelo resultado nas urnas. 

Político de grande experiência, vereador por 5 mandatos em Timon, o médico Dr. Tuá em conversa por telefone com o titular do Blog do Eduardo Rêgo na tarde desta quinta-feira, 2, fez um breve análise sobre o futuro político nas eleições de 2022 do pré-candidato a deputado estadual Comandante Schnneyder. 

Segundo o médico, Schnneyder será o mais votado para deputado estadual em Timon e com grandes chances de já sair eleito com a votação obtida apenas no município, mas que deve pavimentar apoios em outras cidades para não correr nenhum risco. "O comandante Schhneyder será o mais votado em Timon e tem grandes chances de sair eleito daqui da cidade", afirmou Dr. Tuá.

Vale ressaltar que nas eleições de 2020 em Timon, Schnneyder obteve quase 35 mil votos perdendo a disputa para candidata do grupo Leitoa, Dinair Veloso por apenas 375 votos. A deputada estadual Socorro Waquim ficou na 3º colocação com pouco mais de 16 mil votos.

Servidores da Comarca de Timon recebem capacitação do projeto TJMA Sustentável

Capacitação sobre práticas e consumo conscientes aconteceu no Fórum de Timon

Nesta quarta-feira (1), servidores e servidoras da comarca de Timon receberam capacitação oferecida pelo Núcleo Socioambiental do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do projeto “TJMA Sustentável Itinerante”, que tem o objetivo de orientar magistrados, magistradas, servidores e servidoras sobre melhorias nas práticas de consumo, metas de redução e estimular práticas e ações ambientalmente corretas e combate ao desperdício. A ação do Núcleo Socioambiental, que é coordenado pelo desembargador Jorge Rachid, contou com a participação da desembargadora Francisca Galiza e do corregedor-geral da Justiça, desembargador Paulo Velten Pereira, da juíza diretora do Fórum de Timon, Raquel Araújo Castro Teles de Menezes (1ª Vara Cível).

O projeto TJMA Sustentável Itinerante é integrado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS), que constituem a Agenda 2030 das Nações Unidas, pretende desenvolver uma conscientização no consumo mensurado nos indicadores definidos pela Resolução Nº 400/2021 do Conselho Nacional de Justiça, que são: energia elétrica, água e esgoto, papel, impressão, gestão de resíduos, telefonia, qualidade de vida, capacitação em sustentabilidade e o estímulo à equidade e a diversidade.

O projeto integra o Plano de Logística Sustentável (PLS), que consiste no planejamento estratégico da sustentabilidade do Judiciário estadual, definindo objetivos, responsabilidades, metas, prazos de execução, mecanismos de monitoramento e avaliação de resultados - com anuência do presidente do TJMA, desembargador Lourival Serejo, e com a parceria da Corregedoria Geral Justiça (CGJ-MA).

Na ocasião, a desembargadora Francisca Galiza destacou a política de sustentabilidade do Poder Judiciário e definiu os indicadores de desempenho definidos pela Resolução N° 400/2021 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Precisamos adotar medidas rápidas e robustas para melhorar os resultados nos indicadores e, a longo prazo, ser um TJ referência em sustentabilidade”, frisou.

O desembargador Paulo Velten Pereira, corregedor-geral da Justiça, que participou da abertura do evento de forma virtual, ressaltou que as ações do Núcleo Socioambiental do TJMA estão integradas, entre outras, à agenda ESG (Environmental, Social and Governance), que já está sendo adotada em iniciativas corporativas  como fator de tomadas de decisões de investimento. “É uma pauta que as empresas estão assimilando, e o Poder Público e o Judiciário – que tem a tarefa de distribuir justiça – também precisam fazer sua parte para que todos participem da vida em sociedade”, observou.

A juíza Raquel Araújo Castro Teles de Menezes elencou as iniciativas do Fórum de Timon na área da sustentabilidade, como o projeto de jardinagem já em andamento, o “Fórum Verde” ; a construção de bicicletário para incentivar o deslocamento de servidores(as) por esse meio de transporte; reforma de banheiros com espaço para uso da família e fraldário; implantação de coleta seletiva e redução no consumo de água. “Com essa capacitação, objetivamos dar continuidade às ações de sustentabilidade frente a comunidade e para as unidades, caminhando para um futuro mais sustentável para as próximas gerações”, pontuou.

O secretário da Diretoria do Fórum de Timon, Deilson da Silva Guerra, observou que a comarca já possui uma preocupação socioambiental, buscando por meio do projeto “Fórum Verde” reduzir o consumo de água e energia elétrica e destinar corretamente os resíduos. “A capacitação é muito importante para que possamos desenvolver novas ações e avaliar se nossas atitudes nesse sentido estão sendo feitas corretamente”, avaliou.

CAPACITAÇÃO

A capacitação foi realizada por uma equipe do TJMA e da consultoria Falconi, formada pelas servidoras Jaciara Silva e Hayla Castelo Branco (Núcleo Socioambiental), Alberto Bruno Cunha Duarte (chefe da Divisão de Administração de Material do TJMA),  Priscila da Silva Sousa (a chefe da Divisão do Arquivo do Fórum de São Luís), Priscila Freitas e Ana Alice Andrade (consultoras do Grupo Falconi – contratada pelo TJMA para auxiliar na implantação do Projeto de Modernização da Gestão do Poder Judiciário. 

A consultora do Grupo Falconi Ana Alice Andrade apresentou os resultados gerais do TJMA frente a indicadores de sustentabilidade ligados ao Índice de Desempenho de Sustentabilidade (IDS), frisando oportunidades para alcance de metas de redução no uso de água/esgoto e energia elétrica. 

As servidoras do Núcleo Socioambiental do TJMA Jaciara Silva e Hayla Castelo Branco trataram sobre a gestão correta dos resíduos no âmbito local; formas de reutilizar ou reciclar materiais; tipos de coleta seletiva e formas de destinação correta de materiais, citando a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), que propõe a prática de hábitos de consumo sustentável; reciclagem e da reutilização dos resíduos sólidos e diminuição de rejeitos; fomenta a inclusão de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis (agentes ambientais) - Coleta Seletiva Solidária; e inclui a Logística Reversa - coleta e reciclagem de produtos e seus resíduos após o consumo do cliente final. 

O servidor Alberto Bruno Cunha Duarte, chefe da Divisão de Administração de Material do TJMA, tratou da gestão de materiais de consumo e estoques de forma sustentável nos setores, ressaltando a importância de avaliar o impacto das ações do ponto de vista financeiro, social e ambiental, citando práticas como a avaliação/planejamento da real demanda por materiais de consumo; racionalização no uso de itens exclusivamente individuais; evitar a formação de estoque desnecessário nos setores; adoção de novas rotinas que racionalizem o uso de materiais; devolução de materiais de consumo para reciclagem, e enfatizando o projeto “Destralhe” que permite aos setores realizar a devolução ou destinação administrativamente de materiais em desuso nas unidades.

Representando a Corregedoria Geral da Justiça, a chefe da Divisão do Arquivo do Fórum de São Luís, Priscila da Silva Sousa, apresentou orientações aos servidores em relação à adoção de uma cultura do descarte de processos físicos e da gestão documental e sobre a destinação de bens sob custódia do Judiciário. As informações são do TJMA.

Rede de controle de gestão pública irá promover evento virtual sobre o Dia Internacional Contra a Corrupção

A Rede de Controle da Gestão Pública, que é um centro decisório interorganizacional de atuação nacional, irá promover na próxima terça-feira, 07, uma roda de conversa virtual sobre o Dia Internacional Contra a Corrupção, por meio do canal da Escex/TCE no YouTube. 

O evento será realizado das 09h às 12h e contará com falas de diversos representantes de órgãos de controle de todo o país. O evento é gratuito e aberto a todos os interessados.

Clique na imagem para ampliar

Mendonça: É um passo para um homem e um salto para os evangélicos

Em votação apertada, Senado aprova o ex-AGU André Mendonça para o STF. Posse na Corte deve ocorrer ainda neste ano

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Após mais de oito horas de sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e a apreciação do plenário da Casa, o Senado aprovou a indicação do ex-advogado-geral da União André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ele será, na Corte, o ministro "terrivelmente evangélico" prometido pelo presidente Jair Bolsonaro. O pastor presbiteriano ocupará a vaga aberta com a aposentadoria de Marco Aurélio Mello.

A aprovação de Mendonça foi avalizada por 47 senadores no plenário da Casa. Votaram contra, 32 parlamentares. Na CCJ, o ex-AGU recebeu 18 votos a 9.

A previsão é que a cerimônia de posse no Supremo seja realizada até 17 de dezembro, último dia das atividades da Corte neste ano. Depois disso, haverá recesso, e o tribunal funcionará em regime de plantão.

Após ter o nome aprovado pelo Senado, Mendonça comemorou com um discurso emocionado para seus apoiadores evangélicos. Disse que os protestantes têm contribuído para o crescimento do país e agradeceu o apoio dado a ele. "Queremos dizer que o povo evangélico tem ajudado e quer continuar ajudando este país. Trabalhar por este país e fazer deste país uma grande nação", frisou. "Fazer da Justiça brasileira referência, contribuir para que essa realidade se concretize cada dia mais."

Ele disse saber que será criticado enquanto ministro do Supremo e pastor licenciado da igreja presbiteriana. "Eu sei que virão decisões em que serei criticado, e merecerei, por vezes, ser criticado. Mas podem ter a certeza de que tentarei fazer do meu país um país mais justo", afirmou. "Quero dizer que devo tudo da minha vida a Deus. Eu respiro porque Deus me dá o ar para respirar. Eu penso porque Ele me dá capacidade para pensar. E eu amo porque Ele me amou primeiro." As informações são do Correio Braziliense.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021 às 18:52

Presidente diz que corte de gastos da Câmara de Timon foi devido à redução do repasse

Uilma Resende explica que teve que exonerar assessores para situação não ficar como na prefeitura que mantem 4 meses de salários atrasados

O presidente da Câmara Municipal de Timon, Uilma Resende, usou a tribuna na manhã desta quarta-feira, 01º de dezembro, para expor que devido aos constantes cortes no repasse feito pela prefeitura de Timon à Câmara Municipal foi obrigado a reduzir gastos e exonerar assessores de parlamentares, tanto da oposição quanto da situação. Nesta quarta, foram exonerados 44 assessores comissionados de vereadores. 

O presidente explicou que em toda a história da Câmara de Timon somente em três oportunidades a prefeitura reduziu o repasse constitucional ao qual a Câmara tem direito e essas três oportunidades tem em comum o fato de que o grupo Leitoa estava no poder e a Câmara tinha um presidente da oposição, além disso ressaltou que está em seu terceiro mandato de presidente e que somente agora, que compõem a oposição ao grupo Leitoa, está passando por esta situação de corte nos repasses. “Estou no meu terceiro mandato de presidente, por dois mandatos eu recebia o repasse certo e agora, que estou na oposição, não estou recebendo o repasse certo, então quem está perseguindo quem?”, questionou. 

O presidente explicou que não houve outra alternativa a não ser exonerar os assessores comissionados, mas destacou que todos eles irão receber o 13º salário proporcional. 

“A Câmara depende única e exclusivamente do repasse que o município faz. Quando o município, por 12 meses retira 0,5% do repasse da Câmara, em doze meses dá 6%, então em 12 meses, eles nos repassam 11, então como eu vou pagar 13? Eu estou recebendo 11 meses e pagando 12, porque vocês também têm que dizer que os servidores que, infelizmente, estão sendo exonerados hoje recebem o 13º, o que não vai receber é o mês de dezembro. Mas aí me dizem, vereador, repense, eu repenso, se o executivo repassar esse dinheiro eu contrato amanhã e pago amanhã. Mas se eu não tenho em caixa, eu não consigo fazer esse dinheiro e eu não tenho do meu pra dar, qual era a única alternativa que eu tinha, a não ser essa, infelizmente”.

Uilma pontuou ainda que muito pior seria fazer o mesmo que a prefeitura de Timon vem fazendo desde o início do ano, “o que era pior era manter o funcionário e não pagar, igual ao que o executivo faz”.

O presidente chamou a atenção dos vereadores da situação que usaram a tribuna cara criticar a exoneração de assessores para alertar que na administração municipal existem centenas de funcionários contratados que estão a quatro meses sem receber salários e sem a menor perspectiva de receberem esse dinheiro. 

“Eu gostaria de falar pra vocês, que tanto reclamaram, que a administração está a 4 meses sem pagar os funcionários contratados, e inclusive vocês deveriam fazer coro aqui pra cobrar, porque eles sim terão um presente de natal ruim. São 4 meses de salários atrasados. Hoje a administração está a 4 meses sem pagar os funcionários contratados, hoje a prefeitura deve para a Câmara municipal de Timon R$ 737 mil. No mês 12, esse valor chegará a R$ 804 mil. E o que que eu posso fazer, infelizmente, é só cobrar, só pedir. Eu sei que esse dinheiro é da Câmara não é meu e inclusive eu já cheguei a devolver R$ 486 mil para a prefeitura de Timon, provando que sempre usamos esse dinheiro da forma correta”, pontuou.

Câmara de Timon aprova a inclusão de licença maternidade e licença paternidade em seu regimento interno

Em um dia histórico para o legislativo timonense, a Câmara Municipal de Timon aprovou na manhã desta quarta-feira, 01º de dezembro, uma alteração em seu regimento interno e agora passa a garantir o direito de licença maternidade e paternidade, seja ela natural ou adotiva. A partir de agora, as vereadoras em mandato que tiverem filho ou que decidirem pela adoção terão direito à licença maternidade de 150 dias. A alteração do regimento prevê ainda o direito à licença paternidade aos parlamentares pelo período de 8 dias. A iniciativa foi tomada pela Mesa Diretora, que atualiza o regimento interno e torna a Câmara de Timon pioneira na garantia desse direito, que ainda não é previsto em diversas casas legislativas em todo o Brasil.

O presidente da Câmara, vereador Uilma Resende, ressaltou que essa alteração no regimento interno demonstra o crescimento da Câmara Municipal de Timon. “A Câmara sai ganhando quando aprovamos essa modificação. Hoje temos três vereadoras na Casa, amanhã poderemos ter mais e esse projeto não é para hoje, ele vai permanecer. Se daqui a 10 anos entrar uma vereadora e ela tiver filho, ela será beneficiada, assim como qualquer vereador, que terá o direito à licença paternidade. É necessária essa garantia de direito, é necessária essa preservação do direito, mas acima de tudo é necessário o respeito às vereadoras”. 

A vereadora Alynne Macedo, que está gestante e será a primeira vereadora a usufruir do direito à licença maternidade na Câmara de Timon, ressaltou “hoje é um dia histórico na Câmara Municipal de Timon, nós estamos aqui mais uma vez fazendo história. Nós que somos da área do direito sabemos que a legislação acompanha o dinamismo da sociedade e dado esse dinamismo da sociedade, é mínima a participação das mulheres no parlamento e por isso nunca se tratou de licença maternidade. É a primeira vez que uma vereadora encontra-se gestante aqui no parlamento de Timon e por isso surgiu a necessidade da criação da licença maternidade”, destacou.

“A licença maternidade é um direito previsto na CLT para as mulheres e por analogia vem sendo empregada e é uma luta dos parlamentos, das câmaras, das assembleias, do senado federal também, para as mulheres conquistarem esse direito. Já existe a licença maternidade na assembleia do Ceará, na assembleia do Mato Grosso, a assembleia do Maranhão ainda está atrasada e as deputadas tem que pedir licença saúde ou ficar justificando ausência. Então hoje estamos dando um passo muito grande, abrindo portas para mais mulheres e respeitando esse direito das mulheres em Timon e dando exemplo para outros legislativos”, acrescentou a parlamentar.

(Assessoria)

Foto-Fofoca: "Encontro proveitoso com lideranças de Timon e Balsas"

Comandante Schnneyder, Marcus Brandão e Coronel Medeiros