Anuncie aqui

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Timon: Helber Guimarães reúne a imprensa e apresenta metas e planos para SEMEJ

Novo secretário reúne a imprensa e apresenta metas e planos para administrar o Esporte de Timon
Eduardo Rego, Eliézio Silva, Helber Guimarães e Ribamar Silva: integração
O secretário de Esportes Helber Guimarães reuniu hoje a imprensa para detalhar a forma como deseja trabalhar seus projetos na secretaria. A iniciativa do secretário foi destacada pelos profissionais como um gesto de grandeza, pois durante o primeiro mandato do prefeito Luciano Leitoa e sete meses da atual gestão essa é a primeira vez que o setor congrega com a imprensa timonense. Diante da visão do novo secretário, parte da imprensa que esteve na secretaria agradeceu ao gesto e se disponibilizou a ajudar à secretaria no desenvolvimento das ações em engrandecimento ao desporto no município.

De acordo com o secretário, ainda é cedo para anunciar algumas medidas, mas Helber Guimarães tem realizado visitas às estruturas físicas da Semdel e aos projetos e atividades da secretaria. Helber Guimarães também tem como proposta transformar parte da Avenida Teresina, a Rua 17 à Avenida Perimetral, num área de lazer constante para moradores do entorno e quem quiser adotar aquela área para prática de atividades físicas organizadas e com a acompanhamento de profissionais da saúde e do esporte.

Helber disse que nessa semana conversará com os dirigentes de outros órgãos, como secretaria de Saúde, Educação, Dmtrans e Guarda Municipal, além dos moradores da própria avenida, para que ela seja interditada às tardes para a prática de exercícios. “Primeiro vamos conversar com os moradores, apresentar-lhes nosso projeto e em concordância com eles executar com os nossos parceiros”, adiantou Helber.

O secretário também disse que levantará dados para fomentar a criação de lei municipal em favor e benefício das ações de esportes em Timon realizados por atletas que se destacam em suas modalidades, mas não tem ajuda direta do poder executivo por ausência de uma lei que garanta esses incentivos financeiros. (Do Blog do Ribinha)

Nenhum comentário:

Postar um comentário