Anuncie aqui

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Eleições 2018: Luciano Leitoa pode deixar a prefeitura de Timon

Diante da saída do PSDB do palanque comunista para a disputa das eleições de 2018, o PSB virou o principal partido para ocupar vaga de vice na chapa do atual governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B). O presidente estadual do PSB e prefeito de Timon, Luciano Leitoa é o principal nome do partido para formar a chapa comunista na disputa eleitoral de 2018, que promete ser uma das mais acirradas da história do Maranhão.

Luciano Leitoa está há cinco anos no comando da prefeitura de Timon e hoje o seu governo passa pelo pior momento administrativo, financeiro e político. Sua base de sustentação na Câmara de Vereadores se encontra rachada, por conta da eleição da nova Mesa Diretora, que acontece somente em abril de 2018, mas já movimenta os bastidores da política timonense. 

Os mais experientes dizem que o prefeito já deveria ter dado uma sacudida administrativa em seu governo. Na parte financeira, os problemas são ainda mais preocupantes, podendo afetar até mesmo o pagamento dos servidores do município, problema que já ocorreu recentemente e que pode se tornar crônico.

Fonte do alto clero leitoísta ouvida pelo redator do Blog do Eduardo Rego, conta que caso o governador Flávio Dino faça mesmo o convite para Leitoa compor a chapa comunista, será muito difícil ele dizer não. 

Consta que o maior empecilho para Luciano Leitoa aceitar o convite de dividir o palanque com Dino na disputa eleitoral de 2018 seria o líder do seu grupo, o ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa. Segundo essa mesma fonte, Chico Leitoa não quer nem ouvir falar na possibilidade de seu filho renunciar ao cargo de prefeito de Timon. Se Luciano Leitoa for convidado mesmo e aceitar compor a chapa majoritária de Flávio Dino, terá que renunciar ao cargo de prefeito e quem assume a prefeitura de Timon em definitivo é seu vice João Rodolfo (PCdoB). É aguardar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário