Anuncie aqui

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

"O governo Luciano Leitoa é um governo sem planejamento, um governo que distrata seus aliados ", dispara Anderson Pêgo

O vereador disse na tribuna da Câmara que o governo Leitoa: é sem planejamento; o pai do prefeito é quem dá recado para suplente de vereador; Luciano Leitoa demite servidores, mas, não cortar contratos milionários
Vereador Anderson Pêgo (PRB)
"O governo Luciano Leitoa é um governo sem planejamento, um governo que distrata seus aliados é um governo que corta na carne dos outros, mas, não corta na carne dele”, foram estas as palavras do vereador Anderson Pêgo (PRB), no seu discurso na sessão desta quarta-feira (01) na Câmara de Timon e seguiu relatando o caso dos suplentes, "Quando a gente viu três suplentes de vereadores sendo retirados desta Casa da forma mais baixa, mais vil através de recado. Isso não é papel de um prefeito de uma cidade de quase 200 mil habitantes, mandar recado por quem quer que seja, ele tem que ter respeito”.

“Não entregou uma bola”

Anderson Pêgo citou o caso do vereador Helber Guimarães que teve uma passagem meteórica na Secretaria de Esportes e Lazer de Timon. "O vereador Helber não teve condição de entregar uma bola, não teve condições de realizar uma licitação. Passou vergonha na secretaria, infelizmente vereador Helber... O prefeito lhe desmoralizou, eu sei que Vossa Excelência é um soldado de batalha, mas, um prefeito que leva um vereador para passar 20 dias numa secretaria é um prefeito sem planejamento. Um prefeito leva o vereador Chagas Cigarreiro a passar um mês e dez dias numa secretaria é porque não planejou”, lamentou.

Chico no governo?

Sobre o caso do suplente Leandro Bello, o vereador Anderson Pêgo relembrou o que foi dito até pelo mesmo nos meios de comunicação de Timon. "Mandou o pai dar o recado para o Leandro Bello, o Chico Leitoa faz parte do governo? Que até então dizem que o Chico Leitoa não manda na prefeitura, mas, o Chico Leitoa foi quem deu o recado para o Leandro Bello. E se não me engano o recado para os suplentes Guiomar e Neto Peças foi um tal de Fernando que é assessor especial do prefeito, um que sempre está por aqui. Morcego né? Ah, Morcego o apelido dele", afirmou.

Contrato milionário

O parlamentar timonense tratou também sobre o que considera como contratos milionários na prefeitura de Timon. "É uma prefeitura que não corta os contrato milionários e diz que está cortando na carne. Nós temos que forçar é o prefeito trabalhar, é o prefeito falar! Em nenhum momento o prefeito veio à frente... Porque mandar o pai dar recado para um vereador que está em pleno exercício do mandato é um covarde que não quer assumir o seu papel de prefeito”.

Ainda sobre os contratos milionários o vereador disse que, "Mas, ele não tem coragem de cortar o contrato da Tekynik, ele não tem coragem de desapropriar o terreno do lixão ou então comprar o terreno que vale R$ 75 mil eu vou alugar por R$ 60 mil? Eu já tinha comprado, desapropria e indeniza. Dinheiro tem! Dizer que está fazendo economia demitindo funcionário é mentira! A folha de comissionados são 869 se você multiplicar colocando em média que cada um ganhe R$ 2 mil de salário, não dar R$ 2 milhões e o orçamento da prefeitura de Timon é meio bilhão de reais por ano. E o prefeito não vem para a frente e assumir suas responsabilidades".

Eleição da Câmara

O vereador do PRB falou também no seu discurso com um dos porta-vozes da oposição no caso eleição da mesa diretora ainda em abril do próximo ano, e disse que os sete vereadores da Bancada Oposicionista irão votar unidos nos candidatos que escolherem em consenso entre eles. (Do Blog do Ludwig)

Nenhum comentário:

Postar um comentário