Anuncie aqui

domingo, 25 de março de 2018

Imagem da Semana: Em Timon, Luciano Leitoa segue sendo derrotado na Câmara de Vereadores

Em pé, membros do G-12 impõe derrota...
Com um governo que vem capengando no seu segundo mandato, no popular, uma gestão que vem fazendo o 'feijão com arroz' como dito pelo vereador do altíssimo clero Jair Mayner (PSB) em sessão na Câmara de Timon, o prefeito Luciano Leitoa (PSB) segue sendo derrotado no Parlamento Municipal. 

Desde o dia 23 do mês passado, a data em que estava prevista a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Timon e não aconteceu, que o clima segue tenso e o governo do prefeito Luciano Leitoa vem tendo consecutivas derrotas em função de sua rachada base no Parlamento.

Na sessão da última quarta-feira (21), foi rejeitada Ata da Audiência Pública de demonstração e avaliação do cumprimento das Metas Fiscais por parte do Governo Leitoa, do 3º Quadrimestre, exercício 2017, a derrota que teve o placar de 10 a 8 só não foi maior porque os vereadores Francisco Torres (MDB) e Henrique Júnior (Podemos) não estavam no plenário.

Suplente novamente!?

O titular do Blog do Eduardo Rego conversou com uma figura das mais experiente sobre a política timonense que nos nos relatou que o maior prejudicado com esse racha na base leitoísta da Câmara de Timon pode ser o deputado Rafael Leitoa (PDT). Segundo essa figura, Rafael Leitoa que recentemente virou titular da cadeira na Assembleia Legislativa do Maranhão, pode novamente se tornar suplente a partir de 2019. 

"Em 2014, Rafael Leitoa ficou suplente por pouco menos de 3 mil votos e se perder o apoio dos 5 vereadores que hoje não fazem mais parte da base aliada do prefeito Luciano Leitoa na Câmara de Timon, pode ser uma perca de no mínimo 5 mil votos", disse. É aguardar e conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário