Anuncie aqui

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Blog entrevista ex-assessor do Ministério do Turismo e pré-candidato a deputado federal, Luís Vannucci

O Blog do Eduardo Rego entrevistou, com exclusividade, o pré-candidato a deputado federal Luís Vannucci, ex-assessor do Ministério do Turismo. Na entrevista, Vannucci fala sobre o atual cenário político e as eleições 2018. Confira!

Advogado e servidor público, Luís Vannucci é natural de São Luís. Iniciou a carreira profissional como assessor na Câmara dos Deputados, há 15 anos. Sempre atuando nos bastidores, já foi assessor da Diretoria de Relações Institucionais da Secretaria de Governo da Presidência da República e chefe da Assessoria Parlamentar do Ministério do Turismo (MTur).
No MTur, atuou e ajudou na destinação de diversos projetos para o desenvolvimento do turismo no Estado. 

Recentemente, Vannucci se filiou ao Partido Social Liberal ( PSL), e conhecendo de perto a realidade dos maranhenses propondo um novo jeito de fazer política, ele segue sua pré-candidatura a deputado federal pelo Maranhão construindo novos caminhos, pautado no sentimento de renovação e defendendo a oxigenação da política atual. 

- Por qual ou quais motivos você decidiu se candidatar a deputado federal? 

Tenho o sonho de ver o Maranhão grande como deveria. Sei do nosso potencial e sei das injustiças que nos impedem de crescer. Sempre trabalhei para ajudar o meu estado, aprendi muito com a minha experiência em Brasília e percebi que posso ajudar muito mais. Sinto que é um dever de todos nós. O dever de usar o que temos, o conhecimento, o preparo e o amor às pessoas para lutar pela mudança que tanto precisamos.

- O que você acredita que o Maranhão mais necessita para ser um dos Estados mais desenvolvidos do Brasil? 

Antes de tudo, precisamos oferecer condições para que a população viva de forma digna. Infelizmente, no Maranhão e em boa parte do Brasil, isso não acontece. O trabalhador médio ganha muito menos do que precisa para sua manutenção e de sua família. O que acontece no Maranhão é a superexploração da força de trabalho, exatamente porque o trabalhador não ganha o suficiente para viver dignamente. Não é à toa que a população de nosso Estado é a mais pobre do Brasil com mais de 63% abaixo da linha da pobreza, além é claro de termos um dos maiores índices de desemprego.
Creio que temos de desenvolver projetos focados no desenvolvimento do nosso povo, investir em políticas de qualificação através da educação, investir em projetos de incentivo às micro e pequenas empresas e incentivar o empreendedorismo. O Maranhão nunca conseguiu emplacar um projeto de industrialização. Para os mais ricos isso nunca foi interessante, pois seus privilégios dependem de um Estado permanentemente agrário e atrasado.
Temos muito o que trabalhar e muito a alcançar.

- Qual o seu objetivo como deputado federal?

Representar bem o meu povo, elaborar leis capazes de mudar a realidade em que vivemos e fiscalizar os atos da Administração Pública, com o propósito de promover a democracia e o desenvolvimento regional com justiça social.
É necessário que cada cidadão entenda como é importante para o Brasil e para todos os brasileiros participar da vida política do país, tanto como eleitor quanto como candidato. Os maus políticos só deixarão a vida pública quando cidadãos de bem resolverem participar dela de forma efetiva, cobrando coerência e responsabilidade dos seus eleitos.

Quem pode mudar a política no Brasil somos todos nós, por meio da participação na política e da fiscalização dos mandatos de quem elegemos para conduzir o país. Temos que entender que precisamos eleger deputados capazes de elaborar bons projetos para o desenvolvimento econômico, pelos programas sociais, pela garantia da saúde, da segurança e da educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário