Anuncie aqui

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Sindicato dos Servidores Públicos de Timon emite nota negando que a categoria concorde com o plano apresentado pelo prefeito Luciano Leitoa

O Sindicato dos Servidores Públicos de Timon (SINSEP) emitiu uma nota de esclarecimento em sua página no Facebook (veja aqui) a respeito da reunião que tiveram com o prefeito Luciano Leitoa nesta quarta-feira, 25. Na ocasião o sindicato recebeu a proposta do Executivo Municipal sobre o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

"A foto tirada na reunião na sala da prefeitura e publicada não transmite satisfação, apenas diplomacia", diz um trecho da nota.

NOTA DE ESCLARECIMENTO.

VERDADES SOBRE A REUNIÃO QUE TRATA DO PLANO. 
REPÚDIO A DISTORÇÕES E A PUBLICAÇÕES MALDOSAS.

A Diretoria do SINSEP vem a público esclarecer que:

1. As palavras da presidente ISABELA publicada em blog e no site da prefeitura não representam concordância de proposta do plano dada pelo prefeito. A foto tirada na reunião na sala da prefeitura e publicada não transmite satisfação, apenas diplomacia.

2. Sobre a servidora Gildete, os elogios feitos a ela pelo prefeito não quer dizer que é verdade. O único benefício recebido pela servidora é um ato que vincula o cumprimento porque a lei orgânica do município manda conceder o auxílio transporte.

3. Durante o governo Luciano Leitoa o que se conquistou não foi concessão de espontânea vontade do gestor. São direitos assegurados pela Constituição Federal. O plano de cargos não foi concedido na forma que deve ser o sindicato em breve explicará.

4. Isabela, Gildete e os demais servidores recebem apenas R$ 25,00 sobre o vencimento base concedido em janeiro até que o plano fosse aprovado e os vencimentos modificados em lei.

5. Quem decidirá se aceita ou não a proposta mínima do governo de 10% dividida em três anos é assembleia geral. A verdade virá para desfazer todas os marketing mentirosos elaborados por aqueles que se valem do poder.

A DIRETORIA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário