Anuncie aqui

quinta-feira, 3 de maio de 2018

"Além de não ter estrada e iluminação pública, a zona rural de Timon sofre com a falta de água", denuncia vereador Anderson Pêgo

Vereador Anderson Pêgo denuncia o abandono da zona rural de Timon 
Na sessão plenária desta quarta-feira, 02, o vereador Anderson Pêgo (PSDB) fez uma denúncia recebida de moradores do povoado Santana, zona rural de Timon. O vereador reproduziu um áudio que ele recebeu de um morador do povoado Santana relatando que a localidade está a mais de um mês sem água e que a presidente da associação de moradores já procurou o SAAE, órgão da prefeitura responsável pelo abastecimento de água na zona rural de Timon, mas que ninguém se prontificou a atender a demanda do povoado.

"A população sofre porque enquanto o prefeito e os vereadores da base apresentaram um orçamento de apenas R$ 180 mil para o SAAE, a empresa Águas de Timon recebe todo mês milhões para poder dar a parte dele para o prefeito", criticou. O vereador acusou ainda o prefeito Luciano Leitoa, que ele chamou de "Coração de Gelo", de não mostrar a mínima preocupação com a população timorense, que está sofrendo também na zona rural.

"É triste o que acontece hoje em Timon, nós temos uma zona rural abandonada, onde as estradas são feitas pela empresa do deputado Rafael Leitoa, onde o DEMIP você paga a taxa de iluminação pública e não tem um poste de luz ligado. E o mais grave, o vereador Antunes teve que pagar do próprio bolso uma bomba, porque o SAAE não tinha condição de colocar uma simples bomba num povoado de Timon", lamentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário