Anuncie aqui

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Roberto Rocha quer construir barragens para impulsionar índices sócioeconômicos regionais

Senador maranhense assegurou R$ 10 milhões para estudos e projetos. Codevasf será responsável pela execução das obras
Está previsto para o ano que vem a conclusão dos projetos para a construção de 11 barragens para usos múltiplos da água no Maranhão a fim de promover o desenvolvimento regional. Os estudos na ordem de R$ 10 milhões já estão sendo feitos pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). O crédito extraorçamentário foi assegurado pelo senador Roberto Rocha (PSDB-MA), junto ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

As barragens serão construídas nos municípios de Arari, Conceição do Lago Açu, Grajaú, Sucupira do Norte, Chapadinha, Governador Luiz Rocha, Lago da Pedra, Santo Amaro, Ribamar Fiquene, Alto Alegre do Pindaré e Paraibano. São localidades que, segundo o parlamentar, tem o objetivo de “proporcionar uma melhoria real na qualidade de vida do pequeno produtor rural, do homem do campo, que necessitam da irrigação e da atividade de psicultura como fontes de trabalho e renda, e que também podem gerar empregos, maior distribuição de renda e a consequência da elevação do nível socioeconômico de milhares de famílias dessas regiões”, explicou Roberto Rocha.

A construção das barragens também deve melhorar o abastecimento, a reserva de água, regularização de vazões e controle de cheias. “Lá na frente, a barragem também pode gerar energia elétrica, o que vai permitir que seja reduzido os custos da produção rural, além de ampliar a oferta de energia em localidades mais distantes, levando luz e mais dignidade a famílias que antes não tinham acesso à energia”, disse o senador.

LAGOA DA JANSEN

O crédito extraorçamentário assegurado pelo senador Roberto Rocha também contempla projeto de irrigação para os municípios de Imperatriz e Balsas, ao custo de R$ 500 mil cada. O sistema vai permitir um novo sistema de fornecimento de água que busca alta eficiência no uso de recursos hídricos para atividades no campo e melhor aproveitamento e da produção rural.

Para o projeto que visa revitalizar totalmente a Lagoa da Jansen, o recurso inicial é de R$ 3 milhões que serão aplicados para que a Codevasf faça os estudos necessários.

Nenhum comentário:

Postar um comentário