Anuncie aqui

quinta-feira, 7 de março de 2019

Eleições 2020: Corrida para a prefeitura de Timon ainda não tem nomes definidos, mas a movimentação já é intensa

Faltam pouco mais de 1 ano para as eleições municipais de 2020, mas a julgar pela intensa movimentação nos bastidores da política timonense, o cenário de pré-campanha já começa a ganhar força, com o avanço de alguns nomes às vagas de candidato. 

No grupo Leitoa, o cenário ainda é impreciso, principalmente pela indefinição ainda do candidato governista. Com um segundo mandato em franca decadência na parte administrativa tanto quanto na política, o prefeito Luciano Leitoa que não poderá concorrer nas eleições de 2020, terá uma enorme dor de cabeça para escolher um nome dentro de seu grupo político para tentar manter a hegemonia Leitoa no comando da prefeitura de Timon que já se aproxima dos 20 anos.

Segundo fontes do Blog do Eduardo Rego do auto clero leitoista, o nome da preferência do prefeito Luciano Leitoa para disputa é o da secretária de Educação, Dinair Veloso (PDT). O deputado Rafael leitoa (PDT) é nome que o ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa defende para disputa pela permanência do Clã Leitoa a frente do Palácio da Cidade. Correm por fora os nomes do secretário de Saúde, Márcio Sá, homem de confiança do prefeito Luciano Leitoa, o vice-prefeito de Timon, João Rodolfo (PCdoB), que tem a preferência do governador Flávio Dino, além do ex-presidente da Câmara, vereador Uilma Resende (PDT) que tem uma história de lealdade ao grupo Leitoa.

No campo oposicionista, o ex-deputado Alexandre Almeida (PSDB) e a vereadora Socorro Waquim (MDB), ainda continuam sendo os principais nomes para disputa na opinião de grande parte da classe política timonense. 

Na disputa de quem será o nome da oposição contra o candidato governista nas eleições de 2020, a rejeição da classe política ao seu nome poderá ser a principal dificuldade que Alexandre Almeida deve enfrentar na sua pré-campanha, mas, não há dúvidas que o ex-deputado ainda é o principal nome da oposição com chances de derrotar o grupo Leitoa. 

Já Socorro Waquim, que sempre teve o respeito e o prestígio da classe política timonense, tem que avançar além desse segmento, para ser mais claro, alcançar novamente o povo como fez antes der ser eleita prefeita em 2004. 

Ainda no campo oposicionista, surge com muita força na disputa para encabeçar a chapa da oposição timonense nas eleições de 2020, o nome do jovem vereador de Timon, Henrique Júnior (PMN). Henrique Júnior que hoje tem apoio da maioria dos vereadores que compõem a base de oposição na Câmara de Timon, o chamado G11, precisa avançar na classe política timonense que não detém mandato, tarefa não muito difícil se conseguir o apoio popular, onde o jovem tem investido pesado.

Não pudemos esquecer ainda pelo lado oposicionista, o nome do empresário Ramon da Timon City (PP) e do suplente de deputado federal Leandro Bello (DEM). Oposicionista dos mais ferrenhos ao governo do prefeito Luciano Leitoa, Ramon da Timon City que tem o filho Ramon Júnior (PP) vereador no Poder Legislativo Municipal, tem dito que não descarta colocar seu nome para apreciação da oposição. O suplente de deputado federal Leandro Bello que tem ótimo trânsito no governo Flávio Dino como também em Brasília pode ser a grande surpresa na chapa oposicionista nas eleições de 2020.

Terceira via

Uma possível terceira via vem sendo especulada há algum tempo na política timonense, praticamente todas que surgiram tiveram fracasso durante o percurso. Agora, quem se coloca como essa possível terceira via no município é o ex-vereador e advogado Jaconias Moraes (PROS), mesmo com seus irmãos, o vereador Juarez Moraes (SD) e o diretor do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Timon (DMTRANS), Jeremias Sampaio fazendo parte do governo desde o primeiro mandato do prefeito Luciano Leitoa. Tá meio difícil entender essa nova terceira via, não é verdade?

Já dizia Magalhães Pinto. "Política é como nuvem. Você olha e ela esta de um jeito. Olha de novo e ela já mudou". 

É aguardar e conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário