Anuncie aqui

quinta-feira, 20 de junho de 2019

Caxias: Líder da oposição denuncia irregularidade em obra no povoado Quilombo

A líder da oposição na Câmara, Thaís Coutinho (PSB), fez uso da tribuna na sessão de segunda-feira (17) para denunciar irregularidade em uma obra realizada no povoado Quilombo
Segundo a vereadora, o prefeito Fábio Gentil (PRB) fez a estrada no povoado Quilombo, na região de Matões. “Temos provas, filmagens e pessoas que dizem que tinha máquina raspando e ajeitando a estrada do povoado”. Para ela, “isso é um absurdo, é improbidade, é desvio de finalidade, enquanto o povo de Caxias reclama de suas estradas. Cada um tem a responsabilidade em seu município”.

Em aparte, o vereador Durval Júnior (PSB) esclareceu que a estrada fica entre Matões e Caxias, “onde algumas pessoas moram em Matões, votam em Matões, e outras utilizam serviços de Caxias e votam em Caxias”.

“Serão obras eleitoreiras? Aquele muro de contenção da Balaiada, que já era para ter sido entregue. O Complexo Hospitalar, que ele reclamava tanto do prefeito anterior que estava fechando o Hospital Geral, e o que ele fez até agora? E porque também não dizer do shopping popular?”, questionou Edilson Martins (PSDB) em aparte.

Darlan (PHS), também em aparte, disse desconhecer a denúncia.

O líder do governo, Sargento Moisés (PSD), pediu um aparte para fazer uma observação. “Sempre que houvesse denúncia, que viesse acostada de provas, como foi falado, para mostrar aos colegas de parlamento, inclusive para se apurar os fatos e até que ponto o gestor público tem culpa nisso”.

Seguro Anticorrupção

Ainda em seu pronunciamento, Thaís Coutinho defendeu o projeto de lei Seguro Anticorrupção, de sua autoria, a pedido do MBL (Movimento Brasil Livre). “Esse projeto regula no âmbito municipal a aplicação do artigo da lei federal, obrigando a utilização do seguro garantia de execução de contratos públicos de obras de fornecimento de bens ou de serviço”.

A vereadora deu como exemplo a construção do shopping popular, “que já era para ter sido entregue. Com o seguro, dá responsabilidade de toda obra ser terminada, sem onerar o dinheiro público”.

“Estamos construindo esse shopping popular com recurso próprio. Uma das minhas mágoas em aberto foi uma possível notificação de quem foi vereador no mandato passado e recebeu em seu gabinete o comunicado do senador Roberto Rocha (PSDB), que mandou para o ex-prefeito de Caxias aproximadamente 1 milhão de reais para que fosse feito o shopping popular”, destacou Durval Júnior.

Sargento Moisés lembrou os repasses para a construção de creches na gestão do então prefeito Humberto Coutinho, passando pela gestão do prefeito Léo Coutinho e terminando no atual governo de Fábio Gentil. “Em todo o país, milhares de obras são abandonadas e retomadas. Agora, se pegar os contratos, não há infração”.

Candidatura à prefeitura

A vereadora também comentou sobre uma reunião do seu grupo político com a deputada estadual Cleide Coutinho (PDT), no sábado (15). “Onde praticamente todos pediram para a doutora Cleide ser candidata à prefeita; ela não disse que seria, mas também não disse que não seria. Mas digo que Fábio Gentil não será candidato único, nosso grupo terá nosso candidato sim”.

“Concordo que tenhamos no próximo ano uma candidata de peso, como é a deputada Cleide Coutinho, concorrendo com o prefeito Fábio Gentil, porque não acredito em quem ganha de WO”, declarou o líder do governo.

(Ascom/Câmara de Caxias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário