Anuncie aqui

terça-feira, 2 de julho de 2019

Atraso de salários marcam o fim do governo Leitoa e pode ser um fator decisivo em 2020

Final do governo Luciano Leitoa é marcado por atraso de salários dos servidores terceirizados da prefeitura de Timon
Faltando pouco mais de ano para encerrar seu segundo mandato, o prefeito Luciano Leitoa (PSB) enfrenta seu pior momento no comando da prefeitura de Timon.

Entre vários problemas que atualmente a gestão do prefeito Luciano Leitoa vem atravessando, sem sombra de dúvidas os salários atrasados dos servidores terceirizados é o que mais tem trazido preocupação aos principais caciques do grupo Leitoa, que almejam a permanência no comando do Palácio da Cidade onde estão há quase três décadas.

Na sessão desta segunda-feira, 1°, o atraso no pagamento de salários dos servidores terceirizados da prefeitura de Timon foi um dos temas predominantes nos discursos dos vereadores de oposição na Câmara. O líder da oposição, vereador Henrique Júnior, voltou a dizer que o prefeito Luciano Leitoa "vestiu a camisa do atraso e não quer tirar mais", se referindo aos salários dos servidores que estão atrasados.

É quase unanimidade nas rodas de conversas sobre politica da cidade que o atraso de salários na gestão Leitoa pode ser um fator decisivo na disputa eleitoral de 2020 em favor do nome escolhido pela oposição para enfrentar o candidato dos Leitoas.

Eleições 2020

Com um enorme desgaste por conta de um segundo mandato muito abaixo das expectativas, nos bastidores da política timonense, há informações de que o grupo Leitoa está praticamente rachado entre dois nomes para a sucessão de Luciano Leitoa.

De um lado, a forte influência do pedetista e ex-prefeito de Timon, Chico Leitoa, que não consegue esconder o seu desejo de que o nome escolhido do grupo para disputa em 2020 seja o do líder do governo Flávio Dino na Assembleia do Maranhão, o deputado Rafael Leitoa (PDT).

Do outro lado, o dono da caneta e atualmente o maior líder do grupo, o prefeito Luciano Leitoa que tem preferência pelo nome do secretário Municipal de Parcerias de Investimentos, Vitor Hugo, homem de extrema confiança do chefe do executivo municipal, mas, desconhecido na cidade e com pouca experiência política.

Quem vencerá essa disputa interna dentro do grupo Leitoa?

O tempo dirá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário