Anuncie aqui

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Câmara de Timon aprova orçamento do Município de R$ 485 milhões para 2020 e inicia recesso de fim de ano

Com a presença de todos os 21 parlamentares, a Câmara Municipal de Timon realizou nesta quarta-feira, 18, a votação do Orçamento do Município para o ano de 2020. O projeto, de autoria do Poder Executivo Municipal, estima que Timon terá a receita de R$ 485 milhões para o exercício financeiro de 2020.

A vereadora professora Socorro Waquim foi autora de uma emenda modificativa ao orçamento, que buscava "remanejar recursos visando atender a necessidades da Guarda Municipal". A emenda da professora Socorro Waquim foi apreciada pelo plenário mas não obteve aprovação, portanto o orçamento foi aprovado da mesma forma que foi enviado pelo Poder Executivo.

Antes da votação do Orçamento Municipal para 2020, os parlamentares realizaram a votação de diversos Projetos de Lei. A primeira aprova as tabelas de enquadramento dos servidores efetivos da Procuradoria Geral do município. A segunda institui o conselho municipal de Turismo de Timon (COMTUR) e o Fundo Municipal de Turismo (FUMTUR).

Os parlamentares aprovaram ainda o projeto que dispõe sobre o Estatuto da Guarda Civil Municipal de Timon e institui o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) da categoria, e o projeto que institui o Plano de Mobilidade Urbana para o município de Timon. O último a ser apreciado foi o projeto de Lei que revoga a Lei Municipal Nº 2188 de 07 de novembro de 2019, que dispõe sobre a jornada de trabalho dos profissionais da Estratégia de Saúde da Família, que foi revogada, mas sem os votos dos vereadores Anderson Pêgo e Henrique Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário