Anuncie aqui

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Edilázio Júnior inaugura a sede do PSD de Timon e afirma ter pesquisa que aponta a derrota do grupo Leitoa em Timon

No mesmo evento, o deputado federal Edilázio Júnior revelou que a ex-prefeita e vereadora Socorro Waquim aparece bem avaliada para um eventual embate eleitoral com quem a família Leitoa indicar com vistas a sucessão municipal
Empolgado com o resultado de pesquisa qualitativa que avaliou positivamente o nome da ex-deputada estadual, ex-prefeita e atual vereadora Professora Socorro Waquim (presidente Municipal do MDB) para disputar novamente a Prefeitura de Timon, em 2020, o deputado federal Edilázio Júnior (presidente Estadual do PSD/MA), disse na última sexta-feira (27), durante a solenidade de inauguração da sede do PSD no município, que o grupo político liderado pela família Leitoa não logrará êxito no pleito eleitoral do próximo ano. Diante das presenças do presidente do Diretório Municipal do PSD, Ulysses Waquim, da presidente do PSD Mulher, advogada Amanda Waquim, e da própria Socorro Waquim, o deputado Edilázio Júnior lançou a proposta de que apoiará tanto Socorro como Amanda nesse projeto para derrotar a situação governista municipal. Em resumo: quer uma mulher com o sobrenome Waquim.
Edilázio Júnior revelou que a pesquisa apontou a ex-prefeita Socorro Waquim como a melhor prefeita que Timon já teve. Ele defendeu a união das oposições para vencer a eleição.

O parlamentar maranhense destacou ainda o seu respeito pela população de Timon, uma vez que desde 2010, foi apoiado pelo casal Professor Sétimo Waquim (então deputado federal) e a Professora Socorro Waquim (então prefeita na época) para deputado estadual sendo vitorioso.

Durante o seu discurso, Edilázio rasgou elogios ao presidente Municipal do PSD e vice-presidente Estadual do PSD, Ulysses Waquim pelas articulações atraindo importantes quadros para o partido em Timon.

Prestigiaram o evento do PSD, os vereadores Helber Guimarães (presidente da Câmara Municipal de Timon) e Kaká do Frigo Sá; o ex-vereador Francisco Borges, além do vice-presidente Municipal do Democratas, Francisco Adriano, o popular Careca, que representou o presidente da sigla e suplente de deputado federal Leandro Bello. Compareceram também as lideranças dos segmentos Mulher e Juventude do partido, assim como os pré-candidatos a vereador. Na avaliação dos observadores, o ato foi bastante movimentado com discursos firmes e consistentes com vistas às eleições municipais de 2020.
Visivelmente contente com a presença de público, numa data considerada difícil devido à proximidade com o feriadão de final de ano, o presidente Municipal do PSD, Ulysses Waquim fez questão de ressaltar que o partido nasce grande em Timon. Ele citou, por exemplo, que a sigla é uma das poucas no município a possuir sede própria e, por sinal, bem estruturada. “Estamos firmes de olho no processo eleitoral de 2020.  Nesse sentido, o PSD é um partido com posição definida no cenário político local buscando alianças com outras forças de oposição ao atual prefeito Luciano Leitoa”, disse Ulysses Waquim. Segundo ele, outras lideranças poderão ingressar no PSD logo no início do ano visando as pré-candidaturas de vereador.
Por sua vez, a presidente do PSD Mulher, advogada Amanda Waquim defendeu em seu discurso a união das mulheres em torno do processo eleitoral que se aproxima.  “Vamos executar ações voltadas para uma política limpa, focando os projetos viáveis e, sobretudo, respeitando aos adversários políticos pensando em Timon melhor”, afirma ela.
Já a vereadora Professora Socorro Waquim (MDB) agradeceu a menção do seu nome citado como bem avaliada na pesquisa qualitativa encomendada pelo Diretório Estadual do PSD, partido aliado ao seu MDB, no Maranhão.  Mas, não poupou críticas aos gestores do Município e até mesmo do Governo Estadual. Para ela, faltam ações concretas nas áreas de saúde e educação. Lembrou a necessidade da instalação de uma UTI, em Timon, que funcione podendo atender a população que precisa dos serviços públicos de saúde. Na educação faltam melhorias que deixaram de avançar, até porque, parece que os gestores se limitaram tão somente a climatizar salas de aula. Enquanto isso, a educação deixou de avançar mais na parte do ensino às crianças. (Com informações do Blog do Ademar Sousa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário