Anuncie aqui

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

NOTINHAS DA NOITEBrasil tem recorde de mortes por covid-19 pelo terceiro dia seguido

Repercussão negativa

A votação que aconteceu na sessão da última segunda-feira, 22, na Câmara de Timon que convocaria secretários do município e representantes da empresa Mega On para prestarem informações sobre o atraso no pagamento de salários dos servidores na gestão Dinair Veloso segue repercutindo negativamente para base governista. Os dez vereadores aliados da prefeita Dinair Veloso votaram todos contra a convocação e estão sendo muito criticados pela população principalmente nas redes sociais. É o ônus!

Divida milionária

Na sessão da última quarta-feira, 23, na Câmara de Timon o vereador Ulysses Waquim (PSD) afirmou que a dívida do município cresceu quase 100 milhões. "A dívida líquida do município cresceu assustadoramente, no ano de 2019 ela era na faixa de R$ 99 milhões, no terceiro quadrimestre de 2020 ela pulou para R$ 192 milhões, ou seja, a dívida líquida do município cresceu em quase R$ 100 milhões, quase dobrou nesse período", revelou o parlamentar. Vixe!

Frase da Semana I

Outra fala do vereador Ulysses Waquim (PSD) na sessão da ultima quarta-feira, 24, na Câmara Municipal de Timon segue repercutindo na cidade e deve trazer desdobramentos importantes na próxima semana. "A prefeita Dinair Veloso recebeu uma "herança maldita", afirmou o parlamentar. Frase da Semana I.

Frase da Semana II

Ainda segue repercutindo por toda cidade a fala do presidente da Câmara de Timon, Uilma Resende (PDT) sobre a prefeita Dinair Veloso (PSB) e o ex-prefeito Luciano Leitoa (PSB). "Ele administra e ela tira fotos", disse o parlamentar. Uilma Resende foi aliado histórico dos Leitoa e deixou o grupo após derrotar o candidato do ex-prefeito Luciano Leitoa na eleição da Câmara de Timon no início de janeiro. Frase da semana II.

"CPI dos 100 milhões"

O vereador Juarez Moraes (PSC) líder da oposição na Câmara Municipal de Timon na sessão da última quarta-feira, 24, na sua fala propôs a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o crescimento em cerca de 100 milhões das dívidas da Prefeitura de Timon. Para ser criada, a "CPI dos 100 milhões" como já é chamada, precisa de 7 assinaturas dos 21 vereadores que compõem a Câmara de Timon. Quem não vai assinar?

Não gostou

O vereador Márcio Sá (PSB) não gostou nem um pingo das notícias divulgadas pela imprensa Local de que o parlamentar estaria a frente de várias indicações em cargos do estado na cidade de Timon. Márcio Sá disse que as notícias divulgadas são Fake News e tem apenas o intuito de desestabilizar a base aliada da prefeita Dinar Veloso na Câmara de Timon. Não gostou!

Dando exemplo

Mesmo sem mandato, o suplente de deputado federal Leandro Bello segue dando exemplo de como um político deve se comportar fora do poder. Quando foi vereador de Timon, Leando Bello conseguiu várias obras importantes para cidade e agora sem mandato segue em busca de mais benefícios para população timonense em São Luís e Brasília. Em conversa com Blog do Eduardo Rêgo, Leandro Bello disse que em breve pode está trazendo novidades boas para cidade de Timon. É assim que se faz!

Ganhou o Maranhão 

O candidato a prefeito de Timon pelo Republicanos nas eleições de 2020, Comandante Schnneyder além de ter se tornado a maior liderança da oposição município onde tirou 34.198, seu nome começa a ganhar o Maranhão. Depois da visita a cidade de Coelho Neto no último sábado, 20, onde o militar foi bastante cortejado pela classe política que marcou presença no evento, Schnneyder foi tema de um dos programas de rádio de maior audiência na capital maranhense nesta semana. Tá sem freio!

MA-040

Já virou tradição por essas bandas quando se aproxima o período eleitoral a MA-040 que liga a cidade de Timon a Matões ser usada como palco para políticos da cidade e região apenas com objetivos eleitoreiros. Faltando ainda quase dois anos para as eleições de 2022, políticos desgastados com opinião pública já começaram com os discursos de "preocupação" com aquela importantíssima e abandonada estrada. Vai que cola novamente!

Vem bronca!

O contrato de uma empresa ligada a um político com uma secretaria da região vai dar o que falar. Um volumoso dossiê sobre o caso onde mostra riqueza de detalhes vai tirar o sono até mesmo de quem acorda após o meio dia. Assunta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário