sábado, 23 de julho de 2016

Flávio Dino: Reação

Jorge Aragão - Em meio à polêmica entre o Governo do Estado e os servidores públicos, que na noite da última quinta-feira decidiram iniciar uma greve geral no Maranhão, o governador Flávio Dino (PCdoB) resolveu agir, de forma midiática, mas acabou sofrendo forte desgaste na internet.

Por meio de seu perfil em rede social, o governador anunciou que o pagamento dos servidores públicos do estado foi agendado para o dia 30 deste mês.
A informação soou como uma tentativa de amenizar a crise entre o Executivo e os servidores públicos, que de imediato reagiram.

Foram numerosas as críticas por parte dos servidores, que passaram a cobrar reajuste salarial e valorização do serviço público.
Acuado, o governador não respondeu às revindicações. Evitou, talvez, um desgaste ainda maior.

Os servidores públicos do Maranhão cobram a reposição das perdas inflacionárias nos seus vencimentos, reajuste salarial, melhores condições de trabalho e valorização.
Na quinta-feira última, durante uma reunião plenária, dirigentes de 30 sindicatos e associações dos servidores deliberaram sobre uma greve em todo o estado, que deverá ser iniciada no dia 28 deste mês.

E o governo segue em silêncio.

(Estado Maior)

Nenhum comentário:

Postar um comentário