Anuncie aqui

terça-feira, 1 de maio de 2018

Sobre o PCCV: SINSEP rejeita contraproposta do prefeito Luciano Leitoa

Em assembleia realizada no dia (27/04), no auditório do CTA, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Timon - SINSEP, rejeitaram por unanimidade, a contraproposta formalizada pelo prefeito de Timon, Luciano Leitoa, sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimento (PCCV) da categoria.

Em sua página no Facebook, a diretoria do Sinsep diz que analisou a contraproposta encaminhada a categoria pelo chefe do Executivo Municipal e concluiu que o prefeito não considerou plano de cargos, apenas fez uma proposta de concessão de 10% dividido em três parcelas: a primeira de 2,5% para novembro de 2018, a segunda de 2,5% para maio de 2019 e a terceira de 5% para maio de 2020.

Veja abaixo na íntegra a nota do SINSEP.

VENCIMENTOS. ASSEMBLÉIA GERAL REJEITOU.

A Diretoria do SINSEP se reuniu nos dias 25 e 26 de abril para analisar contra-proposta de Plano de Cargos dos Servidores entregue pelo Prefeito Luciano Leitoa para a Presidente, Isabela Ferreira. Após a análise, a comissão que analisou a contra-proposta concluiu que o prefeito não considerou plano de cargos, apenas fez proposta de concessão de 10% dividido em três parcelas: a primeira de 2,5% para novembro de 2018, a segunda de 2,5% para maio de 2019 e a terceira de 5% para maio de 2020.

Atualmente o vencimento-base inicial dos servidores efetivos do município de Timon que não tem plano de cargos corresponde a R$ 983,00 (níveis médio e Fundamental), e de R$ 1.500,00 a R$ 2.100,00 (níveis superior, pós-graduado, mestrado e doutorado, incluindo os profissionais da saúde). O Plano de cargos proposto pelo SINSEP contemplava vencimentos variáveis de acordo com a complexidade do cargo e tempo de contribuição.

GOVERNO DIZ QUE NÃO TEM DINHEIRO. VEJAMOS:

Entre os dias 1º ao dia 30 de abril, só para se ter uma ideia, o Governo Federal repassou a título de FUNDO DE PARTICIPAÇÃO DOS MUNICÍPIOS e FUS/SAÚDE, R$ 7.216.507,27 e R$ 2.191.692,00, respectivamente, totalizando mais de R$ 9.409.000,00 (nove milhões e quatrocentos e nove mil reais). A folha de pagamento de todos os servidores da secretaria de administração e secretarias e ela vinculada, e da secretaria de saúde incluindo Agentes de Saúde, Endemias, Médicos, Enfermeiros e Administrativos, CORREPOSNDEM A TÍTULO DE VENCIMENTO-BASE APENAS R$ 1.300.000,00.

QUANTO É A FOLHA DE COMISSIONADOS.

O Portal da Transparência de Timon, parece ter sido feito de maneira a dificultar a compreensão, contudo o SINSEP estima que a folha de terceirizados e comissionados, pode corresponder quase o tripo de folha de servidores concursados, mas este tema será tratado em outro momento, com explicações mais detalhadas.

O SINSEP EM ASSEMBLEIA GERAL, dia 27 de abril, rejeitou a proposta dos 10% sobre os baixos vencimentos porque não contempla o plano de cargos, e sabe-se que tem dinheiro para conceder a melhoria dos salários, porém, o governo não quer tirar vantagens dos milhares de indicados políticos para conceder ao servidor do quadro permannete.

O CASO AGORA SERÁ TRATADO EM AUDIÊNCIA PÚBLICA QUE SERÁ AGENDADO NA CÂMARA MUNICIPAL.

Nenhum comentário:

Postar um comentário