Anuncie aqui

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Atraso de salários na gestão Luciano Leitoa: O desabafo de um servidor

Em Timon, servidor denúncia atraso de salários no governo Leitoa
A situação não anda na boa para os servidores da gestão Luciano Leitoa que são contratados pela empresa Mega-On Soluções Ltda. Mesmo depois de várias denúncias feitas pela imprensa timonense a situação está cada vez pior para os servidores, que relatam salários e o décimo terceiro atrasados e nenhuma justificativa por parte da empresa Mega-On, que foi contratada pela prefeitura de Timon para fornecer serviços terceirizados.

Na tarde desta terça-feira, 21, um servidor procurou o titular do Blog do Eduardo Rego através do WhatsApp para fazer um desabafo sobre a situação em que ele e milhares de servidores estão passando, por conta de atraso de salários na gestão do prefeito Luciano Leitoa. "Não só eu como a maioria dos funcionários da secretaria que trabalho estão desesperadamente sem saber o que fazer, com contas atrasadas (até sem o fornecimento da energia e da água, por motivo do atraso e corte), sem condições de ter um alimento na sua mesa e ainda triste, sem saber como alimentar seus filhos", desabafou o servidor.

Veja abaixo na íntegra o relato do servidor ao blog.

Boa tarde Eduardo Rêgo

Venho por meio desta rede social desabafar minha indignação e a falta de respeito da empresa contratada pelo o Prefeito Luciano Leitoa a Mega On soluções. Pois, estamos com o décimo terceiro atrasado e sem a previsão de receber. Quase todos os dias entramos em contato com a empresa e só o que eles sabem fale é que NÃO TEM PREVISÃO. Isso já é típico deles, pois só o que aprenderam ou que lhe foram repassados. Estamos também com o mês de Dezembro atrasado. Creio eu que também sem previsão de recebermos.

Não só eu como a maioria dos funcionários da secretaria que trabalho estão desesperadamente sem saber o que fazer,com contas atrasadas (até sem o fornecimento da energia e da água,por motivo do atraso e corte), sem condições de ter um alimento na sua mesa e ainda triste, sem saber como alimentar seus filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário