Anuncie aqui

quarta-feira, 10 de julho de 2019

Juarez Moraes diz que gastos da prefeitura de Timon com comunicação podem chegar a R$ 7.500 por dia

Vereador afirma que a prefeitura não tem ações realizadas dentro do município com recursos próprios
O vereador de Timon Juarez Moraes (SD) usou aparte concedido pelo vereador Henrique Júnior, na sessão desta quarta-feira, 10, na Câmara Municipal de Timon, para destacar números colhidos por ele no portal da transparência do município. Um dado apresentado pelo parlamentar e que chamou atenção foi que a previsão de gasto com comunicação para 2019 pela prefeitura municipal de Timon será de R$ 2,789 milhões e que esse valor, se dividido por dia durante um ano, é equivalente ao gasto de R$ 7.500 por dia com comunicação.

“Nos anos de 2017 e 2018 foram gastos em torno de R$ 2,857 milhões com comunicação e agora em 2019 a previsão é de R$ 2,789 milhões. Se pegarmos e dividirmos esse valor por 365 dias, vai dar por dia mais de R$ 7.500 só com propaganda. E se nós pegarmos os 100 vigias que foram demitidos e somarmos os salários deles durante um ano, esse valor não chega há R$ 4.000 por dia”, explicou.

Juarez Morais destacou ainda os valores de arrecadação própria do município de Timon, em 2018, de acordo com dados pesquisados por ele no portal da transparência e criticou que apesar do grande montante arrecadado é difícil encontrar uma ação do governo com recursos próprios dentro do município. 

“Acessando o portal da transparência constatei que em 2018, só de iluminação pública, o município de Timon arrecadou acima de R$ 8 milhões, de ISS, Imposto Sobre Serviço, mais de R$ 10 milhões, de IPTU, mais de R$ 2 milhões e outro, que me chamou atenção, de ITBI, Imposto de Transferência de Bens e Imóveis, ultrapassou os R$ 2 milhões. Se somarmos esses valores chegamos, no ano de 2018, em arrecadação própria, acima dos R$ 22 milhões”, informou.

Apesar dos altos valores arrecadados, de acordo com o parlamentar, a prefeitura não tem ações realizadas dentro do município com recursos próprios. “Você procura dentro do município uma ação do governo com recursos próprios e a gente tem dificuldade de encontrar, da mesma forma que temos facilidade de encontrar servidores municipais com dois meses de salários atrasados, servidores municipais, prestadores de serviços acima de cinco meses de salários atrasados”, criticou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário