Anuncie aqui

terça-feira, 10 de setembro de 2019

"O prefeito Luciano Leitoa quebrou a prefeitura de Timon", declara vereador Anderson Pêgo

O vereador Anderson Pêgo (PSDB), vice-líder da oposição na Câmara Municipal de Timon, usou a tribuna na Casa nesta segunda-feira, 09, e fez declarações fortes sobre a situação financeira e administrativa na qual se encontra a prefeitura de Timon no sétimo ano da gestão do prefeito Luciano Leitoa (PSB).

"A prefeitura de Timon está quebrada. O prefeito, que nas suas propagandas eleitorais dizia que ia ser um exemplo de gestão, um exemplo de planejamento, já está com 5 meses de salários atrasados, dos terceirizados, e agora diz que os comissionados vão ter que fazer sacrifício dia 10 e ele vai adiar o pagamento. O nome atraso virou adiar", declarou.

O parlamentar rebateu ainda a justificativa sempre mencionada pelo governo municipal de que estaria em crise financeira. "Esse governo do prefeito Luciano Leitoa já recebeu mais de R$ 30 milhões de crédito suplementar do Governo Federal e diz que está em crise, por que diz que está pagando precatórios, mas no orçamento já estava previsto R$ 5 milhões para pagamento de precatórios. Qual é a desculpa, se nós aprovamos o pagamento dos precatórios em orçamento", disse.

Anderson Pêgo alertou que há atrasos não somente aos terceirizados, mas também a fornecedores e prestadores de serviços da prefeitura de Timon e que essa situação é causada por má gestão e falta de planejamento. "Os fornecedores estão atrasados, os prestadores de serviços estão atrasados. Luciano Leitoa, de forma irresponsável, sem planejamento, sem gestão pública, Luciano Leitoa quebrou a prefeitura de Timon".

Nenhum comentário:

Postar um comentário