Anuncie aqui

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Comarca de Timon celebra casamento comunitário com quase 400 casais

Casamento Comunitário em Timon
A Comarca de Timon realizou uma grande cerimônia de casamento comunitário no último dia 6 de dezembro, no Centro de Convenções Maranhenses. A solenidade, coordenada pela juíza Rosa Maria da Silva Duarte, titular da Vara da Família de Timon, contou com a participação de 373 casais, um recorde em números de uniões civis por meio do projeto “Casamentos Comunitários”.

Em 2019 o Poder Judiciário comemorou os 21 anos do projeto Casamentos Comunitários, que já uniou mais de 120 mil casais em todo o Estado. O projeto foi idealizado pelo desembargador Jorge Rachid, em 1998, à época corregedor-geral da Justiça.

Participaram da solenidade os juízes Simeão Pereira e Silva, titular da Vara da Infância e Juventude de Timon; Francisco Soares Reis Júnior, titular da 2ª Vara Criminal de Timon; José Elismar Marques, titular da Vara de Execuções Penais de Timon; Weliton Sousa Carvalho, titular da Vara da Fazenda Pública de Timon; Adriano Lima Pinheiro, Substituto da 19ª Zona Judiciária, atuando junto à Vara da Família de Timon; João Batista Coelho Neto, Substituto da 12ª Zona Judiciária, respondendo pela 1ª Vara da Comarca de Chapadinha.

O casamento também contou com o apoio do Cartório do 2º Ofício Extrajudicial de Timon, por meio da cartorária Teresa Cristina Dantas Rodrigues Monteiro; e da Igreja Assembleia de Deus, por meio do pastor Euvaldo Pereira de Sá, que proferiu benção aos noivos.

Somente durante a atual gestão da Corregedoria Geral da Justiça, desde dezembro de 2017, mais de sete mil casais maranhenses participaram do projeto Casamentos Comunitários em diversas comarcas do Estado.

Em São Luís, aproximadamente dois mil casais celebraram a união civil em 2018 e 2019 por meio do projeto, que já beneficiou mais de 120 mil casais desde 1998, quando foi implantado pelo então corregedor-geral da Justiça, desembargador Jorge Rachid. As informações são do TJMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário