Anuncie aqui

sábado, 20 de fevereiro de 2021

Carlos Brandão visita "Professora Érica" e anuncia Escola Digna, retomada das obras do IEMA e Cheque Minha Casa em Coelho Neto

Vice-governador Carlos Brandão e secretário Márcio Jerry visitaram Érica e anunciaram obras para a cidade

“Toda criança tem o direito de estudar, toda criança tem o direito de brincar”. Essa mensagem é da menina Érica, garota de 12 anos que mora em um povoado do município de Coelho Neto. Érica ficou conhecida na Internet como ‘Professora Érica’ por ajudar outras crianças da sua comunidade a ler e a escrever em uma escola improvisada batizada por ela de ‘Escolinha da Esperança’. 

Nesta quinta-feira (18) o secretário de Estado da Educação (Seduc), Felipe Camarão, foi a Coelho Neto para conhecer de perto a iniciativa da pequena Érica. Nesta sexta-feira (19) a garota recebeu outra visita, desta vez do vice-governador Carlos Brandão, que aproveitou a oportunidade para assinar ordem de serviço para realizar um sonho da ‘Professora Érica’: a construção de uma Escola Digna na cidade. 

“Você hoje está sendo reconhecida pela sua atitude, pela sua coragem, pela sua determinação e por essa fé em ajudar os colegas a aprender a ler e a escrever. Hoje você virou um símbolo da educação do Maranhão e do Brasil”, disse o vice-governador à menina Érica, que estruturou sua escolinha com livros usados, ventiladores e móveis resgatados do lixão, onde sua mãe trabalha como catadora. 

Ao lado do secretário Felipe Camarão a menina Érica conheceu, no município de Duque Bacelar, uma Escola Digna aos moldes da que será implantada em Coelho Neto, para suprir uma demanda educacional não só da ‘Professora Érica’, mas de várias crianças da região. 

Investimentos sociais em Coelho Neto

Acompanhado de secretários de Estado e do prefeito de Coelho Neto, Bruno Silva, o vice-governador Carlos Brandão anunciou, além do início da construção de uma Escola Digna, a retomada das obras do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) de Coelho Neto e o lançamento do programa Cheque Minha Casa, que vai beneficiar 200 famílias da região, com a destinação de recursos voltados para obras de recuperação habitacional, como a construção de banheiros. 

“Nós já temos vários investimentos aqui na cidade de Coelho Neto. Do início do governo, em 2015, até hoje, já investimos cerca de R$ 77 bilhões na cidade”, afirmou o vice-governador.

Expansão do Cheque Minha Casa

Essa será a primeira vez que o Cheque Minha Casa contemplará cidades fora da Região Metropolitana de São Luís e a ação em Coelho Neto faz parte do processo de interiorização do programa. O programa é executado pela Secretaria de Estado das Cidades e do Desenvolvimento Urbano (Secid), e o titular da pasta, o secretário Márcio Jerry, esteve na cidade e falou sobre o processo de expansão do Cheque Minha Casa.  

“É muito importante para Coelho Neto um programa exitoso, um programa que tem uma marca muito positiva no Maranhão, desde 2017, já foram quase 11 mil famílias beneficiadas, mais de R$ 55 milhões injetados na economia nesse segmento de construção. Aqui 200 famílias serão alcançadas em um procedimento que inaugura a regionalização do programa Cheque Minha Casa”, pontuou Márcio Jerry.  

Educação e parceria com o município

Sobre os investimentos no setor educacional, o secretário Felipe Camarão destacou que o Governo do Maranhão está investindo em todas as esferas da educação, do ensino infantil, até a conclusão da nova Escola Digna de Coelho Neto, que, de acordo com o gestor, deve ser entregue até o final do ano.

“Coelho Neto é uma cidade importante, nós já reformamos uma escola da rede estadual, vamos auxiliar o prefeito a concluir uma creche e o IEMA, que além de ser uma escola de ensino médio em tempo integral, ela agrega o ensino profissionalizante. A nossa intenção com isso é gerar oportunidades, emprego e renda. De modo que as pessoas em pouquíssimo tempo já vão ingressar no mercado de trabalho”, frisou Felipe Camarão. 

O prefeito de Coelho Neto, Bruno Silva ressaltou a importância do apoio estadual para a efetivação de políticas públicas essenciais para quem mora na cidade.

“A gente precisa e muito da mão amiga do governo do Estado. A gente sabe que o município precisa e muito desse apoio. Com isso a gente consegue captar recursos para que a gente possa concluir as obras, concluir alguns projetos que estão no papel e, com isso, melhorar a qualidade de vida da população”, disse o prefeito. 

Como vai funcionar o Cheque Minha Casa em Coelho Neto

O edital para cadastramento de famílias interessadas em participar do programa Cheque Minha Casa vai selecionar 200 famílias para receberem o benefício no município. As inscrições serão iniciadas no dia 1º de março e irão até o dia 31 de março. Elas poderão ser feitas pela internet, em endereço divulgado no Edital.

Após uma pré-seleção, com base em prioridades sociais (menor renda per capita, idosos, pessoas com deficiência, crianças e mulheres chefes de família), a Secid fará análise documental comprobatória das informações, análise técnica das residências e análise social das famílias, para que os benefícios serem entregues aos beneficiários comprovadamente aptos.

Após a entrega dos cheques, as famílias beneficiárias terão três meses para a execução da primeira parcela e mais três meses para a execução da segunda, que será liberada mediante a comprovação do uso da primeira parcela dos recursos.

Por meio desses 200 benefícios (R$ 5.000,00 para cada selecionado) o programa levará aquecimento à economia do município, com a disponibilização de um R$ 1.000.000,00 em compras nos comércios locais do setor da construção civil, além de levar a 200 famílias o direito social à moradia digna. 

O Cheque Minha Casa garante, assim, qualidade sanitária nas residências e aquecimento econômico, ambos essenciais no contexto da pandemia do novo coronavírus. As informações são do Blog do Ludwig.

Nenhum comentário:

Postar um comentário