Anuncie aqui

terça-feira, 1 de fevereiro de 2022 às 11:25

Weverton Rocha sofre reveses na sua base de apoio

O projeto de candidatura do senador Weverton Rocha sofreu três golpes nada desprezíveis. O primeiro foi a confirmação do PT na base de apoio da pré-candidatura do vice-governador Carlos Brandão, acertada em jantar na noite de domingo, o que elimina a possibilidade da presença do ex-presidente Lula da Silva no seu palanque, em que pese a boa relação entre eles. 

O segundo foi a revelação de que os deputados federais André Fufuca, que atualmente é seu presidente nacional do PP, e Pedro Lucas Fernandes, que será o presidente do União Brasil no Maranhão, estão “80%” inclinados para ingressar na base de apoio da pré-candidatura de Carlos Brandão. Quando declarou apoio a Weverton Rocha, André Fufuca fez uma ressalva, deixando claro que sua posição poderia ser revista, como de fato está acontecendo. Já Pedro Lucas Fernandes comandava o PTB, de onde saiu e ingressou no PSL, ainda está avaliando e deve se posicionar já na semana que vem, segundo informou o pai e guru político dele, Pedro Fernandes, atual prefeito de Arame. 

E o terceiro golpe foi o rompimento do ex-prefeito de Codó, Francisco Nagib, com o PDT, e o anúncio de que ele apoiará a candidatura do vice-governador Carlos Brandão.

(Coluna do Repórter Tempo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário