Anuncie aqui

terça-feira, 22 de março de 2022 às 18:45

Timon recebe Caravana Restaurativa

O Tribunal de Justiça do Maranhão – por meio Núcleo Estadual de Justiça Restaurativa (NEJUR), vinculado à Coordenadoria da Infância e Juventude – realizou o lançamento do projeto Caravana Restaurativa, na comarca de Timon, nessa segunda-feira (21).

A ação acontecerá, também, em Bacabal, Vitorino Freire, Imperatriz e Balsas, até o dia 31 de março.  A iniciativa envolve uma série de atividades que serão executadas nas comarcas, em que há juízes e juízas e parceiros interessados em desenvolver projetos na área de Justiça Restaurativa. 

Durante o evento, em Timon, foi realizada uma reunião, conduzida pelo juiz da Vara da Infância e Juventude da comarca, Simeão Pereira e Silva e pela equipe do Núcleo Estadual de Justiça Restaurativa, representada pelo juiz coordenador do NEJUR, Jorge Sales, e pelas servidoras Ana Letícia Barbosa, Samira de Jesus e Lorena Gaioso.

O magistrado Simeão Pereira ressaltou a importância da iniciativa realizada pela Justiça maranhense. “O lançamento da Caravana Restaurativa em Timon foi uma semente plantada. Em breve, serão colhidos os frutos”, ressaltou.

Participaram da reunião:  Fernando Evelin (Promotor da 2° Promotoria da Infância), Renato Cordeiro (Delegado da Delegacia do Adolescente Infrator), Samuel Silva (Secretário de Educação), Aldeneyde Carvalho (Secretária Municipal de Direitos Humanos e Cidadania e representante da Funac e da Polícia Militar de Timon).

Nessa terça-feira (22), a caravana seguiu para a EMEF Duque de Caxias. No local, o NEJUR realizou uma palestra sobre Justiça Restaurativa para estudantes. A aluna do 8° ano, Maria Eduarda Araújo, parabenizou a Justiça pelo projeto. “A palestra foi muito legal por nos mostrar uma forma diferente de resolver conflitos", afirmou. 

A caravana encerrou a programação, em Timon, com um círculo de diálogo com os professores e professoras da EMEF Duque de Caxias e representantes de diversas instituições. 

CARAVANA - PROGRAMAÇÃO

A Caravana Restaurativa conta com uma série de atividades em sua programação, dentre elas: reunião com representantes de instituições governamentais, não governamentais, lideranças locais e parceiros, convidados pelo juiz ou juíza responsável pela articulação do projeto na sua comarca.

O objetivo é apresentar o Núcleo Estadual de Justiça Restaurativa, discutir ideias de projetos voltados para o município, ouvir os presentes e suas percepções de como podem contribuir para a execução dele. Para abordar o assunto, haverá palestra sobre Justiça Restaurativa aberta para servidores e servidoras e comunidade com intuito de sensibilizar e partilhar conhecimentos na temática e seus impactos positivos na comunidade.

Além disso, será realizado o Círculo de Diálogo, voltado para a comunidade, bem como para os parceiros do projeto em desenvolvimento, com tema definido pelo facilitador em conjunto com o magistrado e magistrada, oportunizando uma vivência prática com a Justiça Restaurativa.

A atividade faz parte do Plano de Ação do Núcleo Estadual de Justiça Restaurativa (NEJUR) para o ano de 2022, que busca estimular e fortalecer iniciativas em Justiça Restaurativa em todo o Maranhão. As informações são do TJMA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário