Anuncie aqui

Anuncie aqui

Anuncie Aqui-2

terça-feira, 14 de março de 2023 às 14:13

Governo e Famem celebram termo de cooperação para ampliar atendimento de crianças com Transtorno do Espectro Autista

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), dará apoio técnico à Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) para ampliação do atendimento de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). A medida visa, por meio de termo de cooperação técnica, garantir aos municípios apoio às obras, equipamentos e qualificação na metodologia ABA (Applied Behavior Analysis). 

O termo de cooperação técnica foi assinado na segunda-feira (13), pelo governador Carlos Brandão, o secretário de Estado da Saúde Tiago Fernandes e o presidente da Famem, Ivo Rezende, durante a abertura do 1º Congresso Estadual do Municipalismo Maranhense, que acontece até esta terça-feira (14), no Multicenter Sebrae. 

“O evento marca a história do Maranhão. Em 30 anos de vida pública, ainda não tinha vivido um momento como esse. Assinamos vários Termos de Cooperação para que os municípios possam escolher aqueles que mais lhe interessarem. Nosso objetivo é tornar a parceria com os municípios efetiva, pois sabemos que é lá que as pessoas estão”, ressaltou o governador, Carlos Brandão.

O termo de cooperação técnica visa à expansão das Unidades de Assistência a Crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e garantir aos municípios obras, equipamentos e qualificação na metodologia ABA.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Tiago Fernandes, o termo é uma das formas de concretizar a parceria com os gestores municipais. “Nossa proposta é de diálogo constante com os municípios para construir políticas públicas para executar junto com os municípios, seja com capacitação técnica ou através de fomento financeiro”, esclareceu o secretário.

O evento une diversos atores das esferas públicas municipais, estaduais e federais, com o objetivo de dar ênfase à pauta municipalista. 

O presidente da Famen, Ivo Rezende, ressaltou o espírito municipalista do governador Carlos Brandão. “Eu considero que nós temos 218 prefeitos e não 217, esse último é representado pelo governador, que tem sido sensível às nossas causas e tenho certeza que com ele nós iremos avançar muito mais”. 

Stand Saúde com prestação de serviços

Durante o 1º Congresso Estadual do Municipalismo Maranhense, a SES conta equipes no stand da Saúde para expor e tirar dúvidas acerca dos serviços através das Superintendência de Epidemiológica, Sanitária, de Atenção Primária e Trânsito. Além disso, projetos da Asplan Intinerante e informações do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (SIOPS) e ações da Escola de Saúde Pública do Maranhão (ESP/MA), entre outros.

Um comentário:

  1. É preciso uma iniciativa, que bom que iniciaram, em fim. Porque a EDUCAÇÃO INCLUSIVA EM S.LUÍS NÃO EXISTE É MUITO SOFRIMENTO DAS MÃES COM SEUS FILHOS COM VÁRIAS DEFICIÊNCIA. NO ENTANTO PREFEITO EDUARDO BRAIDE NÃO CONTEMPLA, COM TUTORES OU MEDIADORES NASALA DE AULA. NEGANDO O DIREITO DOS ALUNOS ESTÁ NA LEI 12.764/2012, ISSO É EXCLUSÃO

    ResponderExcluir