Anuncie aqui

segunda-feira, 30 de novembro de 2020 às 09:10

Eduardo Braide desbanca grupo de Flávio Dino e vence eleição em São Luís

O deputado federal Eduardo Braide (Podemos) foi eleito neste domingo (29) prefeito de São Luís ao vencer a disputa contra o deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos). Ele terá como vice Esmênia Miranda (PSD). 

Braide recebeu 270.557 votos (55,53%) e venceu o candidato do governador Flávio Dino (PCdoB), que participou de atos de Duarte e pediu votos para o Republicanos no segundo turno e recebeu 216.665 votos (44,47%).

A aliança, no entanto, não foi consenso na base aliada do governador, que viu partidos como o DEM e o PDT não apoiarem a candidatura do republicano. O DEM ficou neutro, e o PDT declarou apoio a Braide. 

No primeiro turno, o candidato do Democratas, Neto Evangelista, foi o terceiro colocado e era um dos apoios mais esperados de Duarte para virar a disputa no segundo turno. Entretanto, ele apoiou Braide.

Braide, 44, já havia sido candidato em 2016 e chegou a ir ao segundo turno na ocasião, mas foi derrotado para o atual prefeito Edvaldo Holanda Júnior (PTC), então candidato de Flávio Dino. 

A campanha de Braide focou na imagem de "político independente". O candidato não teve apoio, por exemplo, da família Sarney —que ficou fora da disputa quando o deputado estadual Adriano Sarney (PV) renunciou à candidatura da disputa no dia 27 de setembro após obter apenas 4% de intenções de voto, segundo pesquisa Ibope. 

Durante a campanha, Braide foi acusado de esconder o apoio de bolsonaristas no estado, como do senador Roberto Rocha (PSDB). Sempre que perguntado sobre alianças, ele repetiu que perguntado sobre alianças, ele repetiu que sua aliança é "com o povo".

(Por Carlos Madeiro/UOL)

Nenhum comentário:

Postar um comentário