Anuncie aqui

sexta-feira, 31 de agosto de 2018 às 10:50

Em 308 cidades brasileiras, há mais eleitores do que habitantes

Prefeitos se queixam de métodos de pesquisa
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) identificou que em 308 cidades do Brasil o número de eleitores é maior que o de habitantes, considerando a estimativa populacional. Metade dos municípios onde ocorre a inversão está em Minas Gerais, no Rio Grande do Sul e em Goiás e todos são de pequeno porte, segundo levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).


Em todo o país estão aptos para votar 146,8 milhões de eleitores, o que corresponde a 70,4% da população brasileira, de 208,5 milhões. Os menores colégios eleitorais do país estão em cidades com menos ou pouco mais de mil habitantes.

O município com menor número de eleitores é também o menor do país em habitantes: Serra da Saudade (MG), com 941 para 786 habitantes.

De acordo com a pesquisa da CNM, a maior diferença entre o eleitorado e a população residente ocorre em Canaã dos Carajás (Pará). A cidade tem 3.805 eleitores a mais que habitantes. Em Severino Melo (RN), Cumaru (PE) e Maetinga (BA), a disparidade entre eleitores e residentes também é maior do que 3,2 mil.

Números

Em relação aos municípios que têm menos eleitores entre os habitantes, Balbinos (SP) é o primeira do ranking, com 5.532 habitantes e eleitorado de apenas 1.488. Em seguida, a proporção de eleitores em relação ao número de habitantes abaixo de 30% ocorre em cidades do interior do Pará: Água Azul do Norte, São Félix do Xingu e Ulianópolis.

As capitais representam os maiores colégios eleitorais. Em números absolutos, São Paulo lidera a lista com 9 milhões de eleitores, o que representa cerca de 6% do total brasileiro. Em seguida, vêm o Rio de Janeiro, com 4,8 milhões de eleitores (3,3,e Brasília, com cerca de 2 milhões de eleitores (1,42%).

Análise

O levantamento da confederação, baseado nos registros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ressalta que as diferenças ocorrem pela distinção entre os domicílios eleitoral e civil, o que permite que o eleitor more um uma cidade e vote em outra.

A concentração de eleitores em locais com maior atividade econômica e migração constante de grupos populacionais, como ciganos e assentados, também contribui para a diferença, segundo a CNM

“Morar numa cidade e votar na outra é possível, não é fraude. Não tem má-fé aí. São várias situações. São todos municípios de pequeno porte”, afirmou o presidente da CNM, Glademir Aroldi.

Ele disse que há situações em que os jovens saem para estudar em outras cidades, mas mantêm o domicílio eleitoral no município de origem. “Há muitas cidades litorâneas onde a pessoa acaba adquirindo imóvel, mas reside e trabalha em outra, e com o tempo transferiu o título pra lá também”, observou.

Queixas

Outro motivo apontado por Aroldi é o fato de que o número real de habitantes de algumas cidades pode estar subestimado. O próximo censo do IBGE está previsto para ser feito em 2020, e a estimativa mais recente do instituto foi baseada no censo anterior, de 2010.

“Há reclamações de prefeitos de que o censo do IBGE não foi feito [em algumas dessas cidades]. A população pode estar subestimada, muitos municípios alegam isso. O município diminuiu no último censo feito pelo IBGE, mas a população pode não ter diminuído ou ter aumentado alguma coisa”, reagiu Aroldi.

Para a CNM, equívocos como esses têm impactos para a população e o município. “Isso traz prejuízos enormes para o município porque os programas e recursos do governo federal são distribuídos de acordo com o número de habitantes”, disse Aroldi. As informações são da Agência Brasil.

Blogueiro caxiense sofre ameaça de empresário: "de faca ou de bala, vagabundo”

Blogueiro Sabá registrou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil
O blogueiro caxiense, Cláudio Sabá, registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de Polícia de Caxias (MA), nesta quinta-feira (30), comunicando à autoridade policial uma ameaça de morte que teria recebido de um empresário local. “Ele me telefonou e disse que iria me encontrar em qualquer lugar e me mataria de faca ou de bala”, relata Sabá, que acionou o viva voz do telefone para que seu pai e um sobrinho ouvissem os palavrões e as ameaças de morte.  

O empresário que teria ameaçado o blogueiro se chama Magno Chaves, que recentemente abandonou a candidatura a deputado federal e anunciou apoio a reeleição do deputado comunista Rubens Júnior (PC do B-MA) e ao governador Flávio Dino (PCdoB-MA).

A informação é do Blog do Sabá.

“Ele alegou que iria me matar por eu ter falado o nome do pai dele numa postagem, o que não é verdade”, sustenta Cláudio Sabá. “Apenas relatei que ele abdicou da sua candidatura alegando ser por conta da morte do pai, o que é público e notório na cidade, onde isso foi dito por ele nas redes sociais e em entrevistas em rádio e televisão, no que não citei o nome do seu genitor em nenhum momento e nem denegri a memória deste, pois era um grande e honrado empresário da cidade”, garante Sabá.

Cláudio Sabá milita na comunicação caxiense há mais de 20 anos, já tendo trabalhado em emissora de TV, editado jornal impresso e desde 2013 fundou o Blog do Sabá, endereço eletrônico que ganhou notoriedade na cidade por combater os ex-gestores do município e tendo uma importante contribuição na derrocada do grupo político que governava a cidade nos últimos 12 anos. Coincidência ou não, a ameaça feita contra o blogueiro partiu de um empresário ligado ao grupo político derrotado, de onde supõem-se que pode haver algum tipo de retaliação política no caso.

A atividade jornalística do blogueiro já lhe rendeu dezenas de processos judiciais, onde os ex-governantes do município maranhense tentaram lhe calar, mas que não obtiveram sucesso em nenhuma oportunidade. “Tenho consciência da seriedade do meu trabalho e sempre fui inocentado nos processos movidos contra mim, o que demonstra a ética e a seriedade das minhas ações”, declarou o blogueiro que vai consultar advogados sobre as medidas a serem tomadas.

Entre as denúncias do blogueiro caxiense, irregularidades e fraudes em licitações de publicidade nas gestões do grupo político que comandava a cidade impediram a realização de 6 desses certames. “Eram fraudulentas e denunciei as irregularidades”, relembra Sabá que também fez representação junto ao Ministério Público por conta de notas frias no serviço de publicidade nas gestões entre 2005 e 2012.

Candidata de Bolsonaro no Maranhão declara apoio ao candidato Luís Vannucci para deputado federal

Na última quarta-feira (29), a candidata a governadora do Maranhão, Maura Jorge (PSL), oficializou seu apoio ao candidato a deputado federal Luís Vannucci (PSL), que segue se fortalecendo a cada dia para ser um dos possíveis nomes da sigla a conquistar uma vaga na Câmara Federal. 

O vídeo foi exibido nas redes sociais de Luís Vannucci, que assim como a candidata de Bolsonaro no Maranhão,  tem consolidado diversos apoios em significativas regiões do Estado defendendo o discurso de uma renovação de verdade. Confira o vídeo abaixo:

                                                                        

quinta-feira, 30 de agosto de 2018 às 16:58

Timon: Henrique Júnior faz comício de lançamento da sua campanha para deputado nesta quinta-feira(30)

O vereador do PMN e candidato a deputado estadual, Henrique Júnior, fará comício de lançamento de sua campanha na noite desta quinta (30) no centro de Timon. A atividade está marcada para acontecer às 19 horas e 30 minutos.

O evento contará com as presenças do deputado estadual e candidato ao senado pelo PSDB, Alexandre Almeida, do candidato a deputado federal pelo Democratas, Leandro Belo, além de outras lideranças políticas e comunitárias da cidade.

Durante o comício Henrique Júnior deverá  anunciar seu apoio a candidata a governadora pelo PSL, a ex-prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge.

O lançamento da campanha de Henrique Júnior acontecerá na rua Magalhães de Almeida, ao lado da casa onde ele reside, no centro.

(Do Blog do Elias Lacerda)

Roseana recebe o carinho da população em caminhada em Santa Inês

Uma grande caminhada na área comercial marcou a passagem da ex-governadora e candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, por Santa Inês, na manhã desta quinta-feira (30). Ao lado dos candidatos ao Senado, Sarney Filho e Edison Lobão, do deputado estadual Sousa Neto e do ex-prefeito Valdivino Cabral, ela recebeu o carinho das pessoas, que faziam questão de declarar apoio à sua candidatura.

“Começar o dia caminhando com os moradores de Santa Inês me fortalece, me anima e confirma que a insatisfação com o atual governo é muito grande. É por isso que vamos retomar nossos programas sociais, fomentar a economia, gerar emprego e renda, sem perseguição, sem medo”, disse Roseana.

No município, a comitiva da coligação “Maranhão Quer Mais” foi recebida também por lideranças políticas e comunitárias da região.

“A população de Santa Inês tem muitos motivos para trazer de volta Roseana ao Governo do Maranhão. Aqui a ex-governadora terá a maioria dos votos, porque fez ao contrário da atual administração, que só falou em mudança e não trouxe nenhuma obra estruturante para o município. Roseana é a melhor”, enfatizou o candidato à reeleição Sousa Neto.

Ex-prefeito por três mandatos de Santa Inês e deputado estadual, Valdivino Cabral fez questão de lembrar que o município se desenvolveu graças ao apoio da ex-governadora e de seu grupo político.

“Por esse e outros motivos só temos um voto: Roseana 15”, afirmou ele.

O trajeto da caminhada teve início na rua das Laranjeiras e terminou na praça da Igreja da Matriz, passando pela rua do comércio, onde Roseana conversou e foi recebida com empolgação e carinho pelos comerciantes e consumidores.

“Roseana tem que voltar para melhorar nossa saúde, a segurança pública, trazer de novo os programas sociais e emprego”, afirmou o estudante de Medicina, Marcos Vinicius, 34 anos.

Propaganda eleitoral no rádio e na televisão começa nesta sexta-feira (31)

Horário gratuito do primeiro turno da eleição vai até 4 de outubro. Nesse período, emissoras também reservarão espaço para inserções de propagandas de candidatos
Começa nesta sexta-feira (31) a propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão dos candidatos a presidente e vice-presidente da República, governador e vice-governador de estado ou do Distrito Federal, senador, deputado federal ou deputado estadual/distrital que concorrem às Eleições Gerais de 2018. O horário eleitoral do primeiro turno da eleição prossegue até 4 de outubro.

Os candidatos a presidente da República e a deputado federal farão sua propaganda no horário eleitoral gratuito às terças e quintas-feiras e aos sábados.

Os candidatos a presidente da República divulgarão suas propostas e plano de governo em dois períodos de 12m30. Das 7h às 7h12m30s e das 12h às 12h12m30s, no rádio. E das 13h às 13h12m30s e das 20h30 às 20h42m30s, na televisão. Os candidatos a deputado federal divulgarão suas propostas das 7h12m30 às 7h25 e das 12h12m30 às 12h25, no rádio. E das 13h12m30 às 13h25 e das 20h42m30 às 20h55, na televisão.

Já os candidatos a governador de estado ou do Distrito Federal, ao Senado Federal e a deputado estadual ou distrital anunciarão suas propostas no horário eleitoral gratuito às segundas, quartas e sextas-feiras.

Os candidatos a governador de estado ou do DF farão sua propaganda das 7h16 às 7h25 e das 12h16 às 12h25, no rádio. E das 13h16 às 13h25 e das 20h46 às 20h55, na televisão. A propaganda dos candidatos a senador ocorrerá em dois períodos de 7 minutos. Das 7h às 7h07 e das 12h às 12h07, no rádio. E das 13h às 13h07 e das 20h30 às 20h37, na televisão.

Já os candidatos a deputado estadual ou distrital anunciarão suas propostas no horário eleitoral em dois tempos de 9 minutos. Das 7h07 às 7h16 e das 12h07 às 12h16, no rádio. E das 13h07 às 13h16 e das 20h37 às 20h46, na televisão.

No mesmo período da propaganda eleitoral em rede, a legislação eleitoral estabelece que as emissoras de rádio e de televisão reservarão, de segunda-feira a domingo, 70 minutos diários para a propaganda gratuita na forma de inserções de 30 e 60 segundos, a critério do respectivo partido político ou coligação. As inserções devem ser assinadas obrigatoriamente pelo partido ou coligação, e distribuídas entre 5h e 24h, ao longo da programação, observados critérios de proporcionalidade fixados na Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições).

No último dia 28, o TSE aprovou a resolução que regulamenta o plano de mídia (voto e minuta) para os candidatos à presidente da República. A norma estabelece o tempo que cada candidato terá para exibir sua propaganda eleitoral gratuita, e confirma a ordem de veiculação das peças produzidas pelos partidos ou coligações, definida por sorteio.

Recursos e proibições

A legislação determina que a propaganda eleitoral gratuita na televisão deverá utilizar, entre outros recursos, subtitulação por meio de legenda oculta, janela com intérprete de linguagem de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e audiodescrição, sob responsabilidade dos partidos e das coligações.

A lei proíbe a veiculação de propaganda que possa degradar ou ridicularizar candidatos, sujeitando-se o partido ou a coligação que cometeu infração à perda do direito à veiculação de propaganda no horário eleitoral gratuito do dia seguinte ao da decisão.

Além disso, a reiteração de uma conduta que já tenha sido punida pela Justiça Eleitoral poderá resultar na suspensão temporária da participação do partido ou da coligação no programa eleitoral gratuito. Também é vedada a propaganda paga no rádio e na televisão, respondendo o candidato, o partido e a coligação pelo seu conteúdo.

Entrevistas e pesquisas

No horário eleitoral será permitida a veiculação de entrevistas com o candidato e de cenas externas nas quais ele, pessoalmente, divulgue as realizações de governo ou da administração pública, falhas administrativas e deficiências verificadas em obras e serviços públicos em geral, e atos parlamentares e debates legislativos.

No entanto, a lei proíbe ao partido político, à coligação ou ao candidato transmitir, na propaganda eleitoral gratuita, ainda que sob a forma de entrevista jornalística, imagens de realização de pesquisa ou qualquer outro tipo de consulta popular de natureza eleitoral em que seja possível identificar o entrevistado. Ou, ainda, em que haja manipulação de dados, assim como uso de trucagem, montagem ou outro recurso de áudio ou de vídeo que, de qualquer forma, degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação. Veda também a produção ou veiculação de programa com esse efeito.

Na divulgação de pesquisas no horário eleitoral gratuito, a legislação determina que devem ser informados, com clareza, o período de sua realização e a margem de erro. A lei não obriga a menção aos concorrentes, desde que o modo de apresentação dos resultados não induza o eleitor a erro quanto ao desempenho do candidato em relação aos demais.

Confira a Resolução TSE nº 23.551/2017, que dispõe sobre propaganda eleitoral, utilização e geração do horário gratuito e condutas ilícitas na campanha eleitoral. As informações são do TSE.

quarta-feira, 29 de agosto de 2018 às 18:13

Número de candidatos ao Senado é o maior já registrado em eleições

Nas eleições de 2018, dois terços das vagas do Senado — 54 do total de 81 — podem ser renovadas. São 352 candidatos que concorrem ao cargo de senador em todo o Brasil, número maior que o de todas as eleições com dados consolidados disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral (desde 1994).

Quando considerado o número de candidatos por vaga, a  concorrência é um pouco menor que a registrada nas últimas eleições, quando foram 185 candidaturas para 27 vagas. A média de candidatos por vaga ficou em 6,51 em 2018, contra 6,85 em 2014.

Das 352 pessoas que registraram candidaturas ao Senado, quase metade (48,3%) têm entre 50 e 64 anos. Apenas um candidato tem mais de 90 anos e outro candidato, cuja candidatura ainda aguarda julgamento, tem 27 anos, ou seja, está abaixo da idade mínima para concorrer ao Senado, que é de 35 anos. A faixa que concentra os candidatos mais novos com idade suficiente (35 a 39 anos) tem 9% dos que concorrem ao Senado.

A maior parte dos candidatos é de homens: 82,7% contra 17,3% de mulheres. Os brancos também são maioria entre os que registraram candidaturas ao Senado e representam 65,6% do total, seguidos dos pardos (23,6%) e pretos (9,9%). Os que se declararam como indígenas e amarelos ainda são minoria, com 0,57% e 0,28%, respectivamente.

Com relação à ocupação declarada pelos candidatos, 30 já são senadores e buscam a reeleição. Outras profissões recorrentes entre os que concorrem ao Senado são professor (44), advogado (43), deputado (41), empresário (30) e servidor público (29).

Os números foram calculados com base nos dados disponíveis na tarde de segunda-feira (27) sobre os pedidos de registro de candidatura, que estão em atualização no site do TSE. O total pode ser diferente do registrado no dia da eleição por causa de renúncias, cancelamentos e indeferimento de candidaturas, por exemplo.

Representatividade

Os senadores representam os estados e o Distrito Federal. É por esse motivo que o número de representantes no Senado é fixo, três por unidade da Federação. Na Câmara dos Deputados, que reúne os representantes do povo, o número de deputados é calculado de acordo com a população de cada estado, por isso a quantidade de deputados não é a mesma para todas as unidades da federação.

A renovação no Senado se dá por eleição majoritária, em que o número de votos recebidos é o que conta, diferentemente do que ocorre na Câmara, onde a disputa pelas vagas também leva em conta o número de votos recebido pelo partido. O mandato dos senadores é de oito anos e a renovação se dá em um terço das cadeiras em uma eleição e dois terços na eleição seguinte, consecutivamente.

Além de elaborar leis e fiscalizar o Poder Executivo, o Senado tem atribuições como processar e julgar o presidente e o vice-presidente da República nos crimes de responsabilidade e aprovar indicados para cargos importantes, como o de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), embaixadores e diretores de agências reguladoras. Também é responsável por aprovar empréstimos no exterior feitos por estados e municípios.

Quando escolhe um senador, o eleitor vota em uma chapa composta por ele e dois suplentes. Eles serão os substitutos do senador em caso de licenças e situações que impossibilitem o titular de exercer o mandato. Os nomes dos suplentes devem ser divulgados no material de campanha de cada candidato. As informações são da Agência Senado.

TSE recebe 20 pedidos de candidaturas avulsas à Presidência

Porém, 18 não têm filiação partidária prevista na Constituição
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu 20 pedidos de registro de candidaturas avulsas à Presidência da República.

Desses postulantes, 18 não têm filiação partidária, o que contraria a previsão constitucional.

No artigo 14, parágrafo 3º, inciso V, a Constituição impõe como uma das condições de elegibilidade a filiação partidária.

Dois dos que pleiteiam candidatura a presidente têm filiação partidária: João Antônio Ferreira Santos (PSC) e Valéria Meirelles Monteiro (PMN).

Casos

O PSC chegou a aprovar a candidatura de Paulo Rabello de Castro a presidente, mas depois decidiu se unir ao Podemos e apoiar Álvaro Dias. Rabello ficou como vice-presidente na chapa da coligação Pode/PRP/PSC/PTC.

A jornalista Valéria Monteiro chegou a disputar a convenção do PMN, mas o partido decidiu não ter candidato a presidente nem participar de coligação. Esses pedidos aguardam decisão da presidência do TSE.

O advogado Rodrigo Sobrosa Mezzomo encabeça uma das chapas avulsas.

Em 2016, ele tentou disputar a prefeitura do Rio de Janeiro e recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra a rejeição de sua candidatura.

O relator da ação no STF, ministro Luís Roberto Barroso, decidiu não liberar o voto para apreciação no plenário antes de outubro.

Números

Segundo dados do TSE, 28.348 candidatos pediram registro na Justiça Eleitoral para os cargos em disputa neste ano: além de presidente, governador dos 26 estados e do Distrito Federal, duas vagas de senador por unidade da federação, deputado federal, estadual e distrital.

São 13 candidatos a presidente, 199 a governador, 355 a senador, 8.368 a deputado federal, 17.526 a deputado estadual e 963 a deputado distrital.

(Agência Brasil)

Cofres cheios: Prefeituras recebem 1,8 bilhão de FPM nesta quinta-feira (30)

FPM: prefeituras encerram agosto com repasse acima do esperado
Será creditado nesta quinta-feira, 30 de agosto, nas contas das prefeituras brasileiras, o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) referente ao 3º decêndio do mês. O valor é de R$ 1.880.894.705,38, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante chega a R$ 2.351.118.381,73.

De acordo com os dados da Secretária do Tesouro Nacional (STN), houve um crescimento, em comparação com o mesmo decêndio de 2017, de 11,38% em termos nominais, ou seja, comparando os valores sem considerar os efeitos da inflação. Se deflacionado, ou seja, levando-se em conta a inflação do período, verifica-se um aumento de 6,80%.

Em relação ao acumulado do ano, o valor total do FPM vem apresentando um crescimento positivo. O total repassado aos Municípios no período de janeiro até o 3º decêndio de agosto deste ano cresceu 7,93% em termos nominais em relação ao mesmo período de 2017. Ao considerar a inflação, o aumento fica em 4,39%.

Comparativo agosto

Observa-se que o mês teve um crescimento positivo de 8,75%, em termos nominais, em relação aos mesmos 31 dias do ano passado. Como a estimativa da STN era de um crescimento de 2,1%, agosto superou as expectativas. Da mesma forma, ao se comparar com o mês de julho deste ano, o FPM cresceu 26,16%, sendo que a estimativa era bem abaixo, de 18,4%.

Apesar do cenário positivo, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta mais uma vez para os gestores manterem cautela e se atentarem aos recursos municipais. Historicamente, os recursos do FPM do segundo semestre são menores em relação ao primeiro, de forma a ser necessária a elaboração de um planejamento estratégico para evitar surpresas negativas. As informações são da CNM.

terça-feira, 28 de agosto de 2018 às 18:43

Timon: Em Sessão Solene, vereador Ramon Júnior homenageia a classe dos advogados

Em celebração ao mês dos advogados e advogadas, a Câmara de Vereadores recebeu nesta terça-feira (28.08) membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Timon – MA, para uma Sessão Solene em homenagem a classe. A promoção do evento foi uma articulação do Vereador Ramon Júnior (PP).  No Brasil, o Dia do Jurista é comemorado em 11 de Agosto.

Responsáveis pelo exercício da Democracia, esses profissionais são a ponte entre a sociedade civil e o judiciário. Procuradoria do Município, Defensoria Pública e outras entidades aproveitaram o momento para celebrar a inauguração da sede própria da OAB que será entregue na tarde desta terça-feira. Para o Vereador Ramon Júnior, foi um dia importante: “Sem dúvidas hoje é um momento de honra. A Câmara Municipal e a população de Timon precisam desses profissionais em todos os cenários. Nós, os advogados, somos o clamor da sociedade”, comentou.

A solenidade foi marcada pela entrega da Medalha do Mérito Legislativo ao Drº Rafael Milhomem de Sousa e ao Drº Francisco Einstein Sepúlveda de Holanda pelos relevantes serviços prestados ao município. Também foram homenageados: Drº Antoniel Soares da Silva e Drª Ana Cecília Carvalho Sousa Morais Helal, que receberam títulos de cidadania timonense.

“Procurei fazer de Timon o meu  lar, minha projeção profissional. Ao receber essa honraria nasce a vontade de fazer desta cidade um local onde posso crescer como ser humano. Timon desperta em nós, querer fazer o bem às pessoas do outro lado do rio porque esta cidade é um exemplo de como deve-se advogar. O Poder Judiciário é presente e atuante”, comentou o Drº Francisco Einstein Sepúlveda de Holanda.

Para o presidente da casa e vereador, Uilma Resende (PDT), a junção dos três poderes (Legislativo, Executivo e Judiciário) é fundamental para uma boa organização social. “É uma satisfação estarmos juntos. É uma alegria porque temos um bom entendimento. Temos a sorte das pessoas que compõe o Judiciário local serem bastante dedicadas. Nós, da Câmara Municipal de Timon, temos esse reconhecimento à classe. Todos juntos, fazendo suas partes, teremos a saída que esperamos para o país”

(Assecom/CMT)

Socorro Waquim mostra força política em inauguração de comitê

Em Timon, Socorro Waquim inaugura Comitê Político Central com grande presença de público
Em momentos de novas adesões e de muitas manifestações de apoios decisivos em prol de sua campanha, a candidata a deputada estadual Professora Socorro Waquim (MDB) reuniu lideranças políticas, lideranças comunitárias, vereadores, ex-vereadores, suplentes de vereador, empresários, médicos, advogados, amigos e amigas na noite de segunda-feira (27), durante a inauguração do seu Comitê Político Central, na Avenida Jaime Rios, no centro de Timon, em frente ao famoso Restaurante Sertão de Dentro. Na avaliação dos coordenadores do encontro, o ato político foi bastante prestigiado e mostrou a força da candidatura da Professora Socorro Waquim que pleiteia uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão nas eleições de outubro próximo.

A Professora Socorro Waquim ficou satisfeita com a grande presença de público na abertura oficial do Comitê Central. “Queridos amigos e amigas quero agradecer de coração o apoio de todos que prestigiaram a inauguração do nosso comitê. Sem a presença de vocês jamais teríamos feito um momento tão lindo e significativo para nossas vidas e para o povo de Timon e do Maranhão. Obrigada! Boa noite. Vamos em frente rumo a vitória”, disse a candidata a deputada estadual Professora Socorro Waquim, ao agradecer imensamente o apoio das lideranças políticas e do povo em geral.

(Do Blog do Ademar Sousa)

Timon: Rodeio Churrascaria apresenta Dirceu Andrade e Solange Leal nesta quinta-feira (30)

Rodeio Churrascaria comemora seu aniversário com Dirceu Andrade e Solange Leal 
Show de humor com Dirceu e música com Solange Leal
Na próxima quinta-feira (30/08), a partir das 20h, Rodeio Churrascaria vai comemorar seu aniversário com Show de Humor do renomado humorista Dirceu Andrade, que ficou popularmente conhecido com o personagem "Zé Bandeira", na Copa do Mundo de 1994. Ainda na mesma noite, a cantora Solange Leal fará também o seu show de músicas imperdíveis.

Rodeio Churrascaria fica localizada na Avenida Piaui, próximo ao Mix Mateus, em Timon (MA). Maiores informações e vendas de mesas pelo telefone: (86) 98811-4490.

Roseana quer tirar 312 mil maranhenses da pobreza com programa de investimentos

Incentivar novos empreendimentos, revisar a cobrança de impostos aos mais necessitados, retomar os programas sociais, os investimentos na saúde e fomentar o turismo e a cultura. Estas foram as principais ações que a ex-governadora e candidata ao Governo do Maranhão, Roseana Sarney, destacou na entrevista ao jornal o Estado do Maranhão, como plano de governo que pretende executar para gerar emprego e renda e atender 312 mil maranhenses que voltaram para a pobreza extrema no atual governo.
             
Roseana ressaltou que hoje o Maranhão tem mais de 400 mil desempregados, o sistema estadual de saúde está falindo, os programas sociais foram extintos. No interior do Maranhão, centenas de carros e motos que na maioria eram usados para gerar renda familiar foram retirados dos trabalhadores e sendo leiloados.

“Conseguimos tirar em torno de 500 mil pessoas da pobreza. Agora me deparo com os dados do IBGE, após três anos, que mostram 312 mil maranhenses que voltaram para a linha de pobreza. Isso é uma coisa absurda. Está no nosso programa colocar o Maranhão nos trilhos do desenvolvimento, com incentivos a empreendedores, e a retomada dos programas sociais, além da implementação de outros como o Programa Viva Gás”, disse Roseana.

Na sabatina, que contou com os jornalistas, Marco D’Eça, Linhares Junior e Carla Lima, Roseana disse que em seus governos anteriores trouxe R$ 100 bilhões de investimentos para o Maranhão, com a geração de mais de 200 mil empregos.

“Fomentamos a agroindústria, o porto foi modernizado, as estradas foram construídas, trouxemos empresas nacionais para o estado. Ações que ajudam a trazer desenvolvimento e emprego. Em tempo de crise não se aumenta imposto. Em momento de crise o governo tem que ser criativo”, afirmou.

Segurança 

Em resposta aos internautas e jornalistas, Roseana lembrou que deixou um efetivo de 9 mil policiais militares e afirmou que convocará os concursados que já estão habilitados para a função. 

Ela defendeu a criação de um conselho composta pelas polícias Federal, Militar, Rodoviária, Civil e o Poder Judiciário com a finalidade de discutir as formas de melhor atuação na área de segurança pública e o reaparelhamento da polícia.

“Num governo sério não se faz acordo com bandido, não quero envolver nada numa nuvem. Meu governo sempre foi muito aberto e sincero com as pessoas, pela confiança que os maranhenses têm em mim. No meu governo não terá aniversário de facções, isso é um exemplo péssimo para o Brasil”, falou.

Escolas dignas

Ao falar de educação, Roseana adiantou que estuda a oferta de cursos profissionalizantes no ensino médio, além de voltar a qualificar, capacitar e pagar salários dignos aos professores. Ela destacou que no programa do seu governo anterior já constava a reforma e construções de escolas, com recursos assegurados pelo BNDES. “Deixei em caixa de planejamento estratégico para o governador R$ 1,9 bilhão, tendo uma rubrica na educação de cerca de R$ 400 milhões para construção de escolas, reformas de colégios, além de bibliotecas”, informou Roseana. “Fizemos a reforma e modernizamos mais de 440 escolas”, completou.

Saúde

Roseana destacou a construção de 72 hospitais pelo seu governo, dos quais 62 foram construídos e dez ficaram em construção, em estágios bastante adiantados, entre eles os de Pinheiro, Caxias, Balsas, Imperatriz, Chapadinha. Onze UPAS foram construídas e deixadas em pleno funcionamento na gestão da ex-senadora.

“Mas infelizmente os hospitais, principalmente de pequenos portes, estão parados. Por isso esse absurdo de cobertura vacinal, de apenas 35% em 2017. Acho uma maldade o que fazem com as pessoas do interior, nos casos de diabetes, pressão arterial, partos que poderiam ser tratados no município. Com certeza retomarei com força o Programa Saúde é Vida”, afirmou Roseana.

Ela revelou ainda que havia verbas para construção e manutenção de sete centros de hemodiálise, dentre eles os de Chapadinha e Pinheiro. “Quando você é eleito governador, tem que atender a todos os municípios. Sempre fui governadora de todos os maranhenses e não de um partido. Nesse aspecto tenho recebido reclamações de prefeitos que dizem que são perseguidos, inclusive na área de saúde”.

Ainda durante a entrevista, Roseana disse que infraestrutura é desenvolvimento e aquece a economia, no que se refere a agronegócios, por exemplo. E citou inúmeras rodovias estaduais, vicinais, viadutos na capital construídos em seus governos, além de obras de saneamento básico.

Cultura e Turismo

Roseana classificou de triste o atual momento da cultura no Maranhão. Para ela, o estado é culturalmente muito rico e, agregado ao turismo, é uma potência na geração de emprego e renda.

“Tudo está parado, não temos mais as festas juninas, os festejos folclóricos no interior do estado perderam o apoio do estado. Temos que revitalizar a nossa cultura, o Centro Histórico, afinal São Luís é Patrimônio da Humanidade, temos que fazer valer esse título”, enfatizou. No setor turístico, a candidata do MDB foi lembrada por ter construída a rodovia que liga São Luís a Barreirinhas, que expandiu a Região como polo turístico.

Ao final da sabatina, a candidata agradeceu a oportunidade de participar da entrevista, as opiniões e a participação dos internautas. “Tenho esperança de voltar a governar, porque tenho condições e experiência, temos o objetivo de colocar o Maranhão nos trilhos, de volta ao crescimento e ao desenvolvimento. Ocupar o lugar que merece nacionalmente”, finalizou Roseana.

segunda-feira, 27 de agosto de 2018 às 15:28

Timon: Audiência pública debate cumprimento do Plano Municipal de Educação

O Ministério Público do Maranhão realizou, na última quinta-feira, 23, audiência pública para debater o cumprimento do Plano Municipal de Educação de Timon (Lei Municipal nº 1964/2015). O evento foi realizado no auditório do Fórum de Timon, localizado no Parque Piauí.

O objetivo foi consultar a população, sociedade civil e demais instituições sobre a temática educacional e, com base nas demandas, direcionar as bases do planejamento de ações do Ministério Público na área para o período de setembro de 2018 a dezembro de 2019.

A audiência pública atende à Recomendação de caráter geral do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), de 21 de junho deste ano, que propõe a busca de resolutividade dos problemas sociais, em especial nas questões relativas à educação. O evento foi organizado pelas 1ª e 2ª Promotorias de Justiça Especializadas de Defesa da Educação, cujos titulares são Eduardo Borges Oliveira e Fernando Evelim de Miranda Meneses.

A coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Educação, Sandra Soares de Pontes, e o diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Raimundo Nonato Leite, abordaram a temática do planejamento da educação no âmbito dos municípios e do Ministério Público. Já o diretor da Escola de Formação de Governantes, Raimundo Palhano, apresentou, por videoconferência, as metas do plano nacional de educação.

AUTORIDADES

Além dos titulares das Promotorias de Justiça de Defesa da Educação, a mesa de abertura foi composta pelo promotor de justiça Carlos Allan Costa Siqueira, representante da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem); presidente da Câmara Municipal, Uilma Resende; secretária municipal de Educação, Dinair Veloso; vereador Luiz Firmino Tuá, representando a Comissão de Educação do Poder Legislativo municipal; secretária municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Divina Silva; representante da Unidade Regional de Educação, Rosilene Neves; diretora da Uema em Timon, Edith Sampaio; e a representante do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal, Francisca Mendes Paiva.

Campanha de vacinação contra sarampo e pólio termina na sexta (31)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo termina na próxima sexta-feira (31). Todas as crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos devem receber as doses, independentemente de sua situação vacinal. Dados do Ministério da Saúde mostram que 4,1 milhões de crianças em todo país ainda precisam ser imunizadas.

De acordo com a pasta, até a última sexta-feira (24), 62% do público-alvo havia sido vacinado. Foram aplicadas, ao todo, mais de 14 milhões de doses – cerca de 7 milhões de cada. A meta do governo federal é vacinar pelo menos 95% das 11,2 milhões de crianças na faixa etária estabelecida e criar uma barreira sanitária de proteção da população.

Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, o que significa que mesmo as crianças que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço.

No caso da pólio, as crianças que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida vão receber a vacina injetável e as que já tomaram uma ou mais doses devem receber a oral. Para o sarampo, todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos vão receber uma dose da tríplice viral, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Entre os estados com menor cobertura estão Rio de Janeiro, com 40,15% do público-alvo vacinado para pólio e 41,45% para sarampo, e Roraima, que tem 44,61% para pólio e 41,09% para sarampo. Já os estados com as melhores coberturas vacinais são Amapá, com 90,33% para pólio e 90,14% para sarampo, seguido por Rondônia, com 89,86% para pólio e 88,44% para sarampo. As informações são da Agência Brasil.

Caminhada marca pontapé inicial das campanhas de Henrique Júnior e Leandro Bello em Timon

O centro comercial do bairro Formosa em Timon foi escolhido para o pontapé inicial das campanhas de Henrique Júnior (PMN) rumo Assembleia Legislativa do Maranhão e Leandro Bello (DEM) para a Câmara Federal. "O centro comercial do bairro Formosa já virou tradição para início de minhas jornadas políticas na cidade de Timon", disse Henrique Júnior. 

Por mais de duas horas, Henrique Júnior e Leandro Bello, ao lado de uma grande militância, conversaram com a população, apresentaram suas candidaturas e ouviram os anseios de quem que vive e trabalha no bairro. “É isso o que mais gosto em campanhas, a possibilidade de conversar com as pessoas, ouvir os reclames e as opiniões, olho no olho, é assim que vamos construir a Timon e o Maranhão como a gente quer”, destacou Henrique Júnior.

“O centro comercial do bairro Formosa é um dos locais mais importantes da cidade de Timon, e também com muitas carências. Em nosso mandato, iremos trabalhar para que essa situação seja modificada”, afirmou Leandro Bello.
No domingo (26), Henrique Júnior esteve em Parnarama onde também caminhou pelas ruas da cidade levando sua mensagem de renovação na política maranhense.

domingo, 26 de agosto de 2018 às 13:46

Roberto Rocha arrasta multidão em carreata pelas ruas de Bacabal

Uma grande festa foi realizada em Bacabal, neste sábado, para receber o candidato ao governo do estado pelo PSDB, senador Roberto Rocha, que esteve na região por ocasião da inauguração do comitê do candidato a deputado estadual Rogério Pitbull (PSDB), que mobilizou pessoas de vários municípios. Em frente ao Centro Cultural de Bacabal, onde foi realizada a concentração, o ônibus da Caravana da Esperança era aguardado por outras caravanas provenientes de São Luís, Itapecuru, São José de Ribamar, Peritoró, Lago Grande, Lago Verde, Bom Lugar, Paco do Limiar, entre outras localidades. 

Ao chegar, Roberto Rocha se juntou a Rogério Pitbull e lideranças das regiões vizinhas. Do centro Cultural, a grande multidão formada por carros e motos, seguiu pelas ruas da cidade, passando pela rua Osvaldo Cruz em direção ao Bairro Ramal e Rua da Esperança, percorrendo boa parte da cidade até chegar ao comitê, onde milhares de pessoas já aguardavam para ouvir os candidatos tucanos

Após a inauguração do comitê de Rogério Pitbull, o candidato falou ao público presente, fazendo referência a Roberto Rocha como próximo governador do Maranhão: “É uma grande honra receber na nossa cidade o nosso próximo governador do Maranhão. Tenho certeza que Roberto Rocha é a melhor opção, pois ele tem propostas, tem projetos, tem um plano de governo diferenciado. Estamos juntos nessa caminhada, porque sei que ele é a melhor opção para o Maranhão”, afimou Pitbull.

Roberto Rocha, que já foi o deputado estadual mais votado de Bacabal, se pronunciou em agradecimento, por ser tão bem recebido todas as vezes que vai à cidade. Enfatizou o trabalho do candidato tucano Rogério Pitbull, que se configura na região como um dos maiores potenciais em termos de liderança política, e enfatizou a importância de projetos de crescimento econômico para o Maranhão: “Com muita alegria estamos hoje aqui nessa cidade tão querida, ao lado dessa grande liderança, Rogério Pitbull, candidato a deputado estadual pelo PSDB. Estamos aqui também porque além das pessoas, precisamos discutir o nosso estado. Precisamos discutir projetos de desenvolvimento, para que o Maranhão possa oferecer um futuro melhor para os maranhenses. O nosso povo precisa ser sócio das suas riquezas e é isso que o projeto do PSDB propõe: um governo sério, melhor, diferente, que dê condições e oportunidades para todos os maranhenses” frisou Rocha.

sábado, 25 de agosto de 2018 às 12:00

MP Eleitoral divulga lista de impugnações de candidatura para as eleições de 2018

O Ministério Público Eleitoral no Maranhão protocolou, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), 63 ações de impugnação de candidatura contra 61 candidatos nas eleições 2018. As impugnações ocorreram por diferentes razões, previstas na Constituição Federal e na Lei Complementar 64/90, tais como condenações criminais e por ato de improbidade administrativa, rejeições de contas pelos Tribunais de Contas, ausência de desincompatibilização de cargos públicos, irregularidades na filiação partidária ou falta de quitação eleitoral.

Registros de candidatura apresentados após o prazo legal podem resultar em novas impugnações. Os candidatos serão intimados para contestar as impugnações, que serão julgadas pelo TRE-MA com prioridade sobre os outros processos eleitorais.

Até a data do julgamento dos registros, qualquer cidadão pode apresentar notícia de inelegibilidade ao TRE-MA e à Procuradoria Regional Eleitoral.

Confira a lista dos candidatos impugnados, com os respectivos números dos processos na Justiça Eleitoral, confira aqui.

Para acessar a íntegra das ações de impugnação e fazer o download das peças, bem como realizar o acompanhamento processual, acesse o link do sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJe) do TRE-MA e faça a busca por meio do número do processo de cada candidato, confira aqui.

Timon: Rodeio Churrascaria apresenta Fátima Li neste sábado (25)

Agosto é o mês de aniversário da Rodeio Churrascaria 
Neste sábado (25/08), a partir das 20h30, Rodeio Churrascaria apresenta Fátima Li, que faz o diferencial no mundo artístico da região. Por isso, você não é louco de perder!  E tem mais: a partir das 11h, open house.

Então, faça parte do nosso show de musicas ao vivo. Agradece Rodeio Churrascaria, na Avenida Piauí, em Timon (MA).

É hoje!

PR de Timon declara apoio à candidatura de Alexandre Almeida ao Senado

Na última quarta-feira, 22, dirigentes do Diretório Municipal do Partido da República (PR) em Timon, se reuniram com o deputado estadual e candidato a senador pelo PSDB, Alexandre Almeida. A reunião selou o compromisso entre Alexandre Almeida e o PR em Timon, para apoio à sua candidatura ao Senado Federal.

O suplente de vereador de Timon Gleidson Oliveira ressaltou que Alexandre Almeida é uma pessoa compromissada com o município de Timon e que o seu nome era uma escolha natural para o PR. "Estamos muito felizes com a confirmação do apoio do nosso partido à candidatura de Alexandre ao senado. Alexandre Almeida dispensa apresentações, por tudo o que ele já fez pela cidade de Timon e tenho certeza de que chegando ao senado, com o apoio do PR, ele será um grande de defensor dos interesses do município".

Alexandre Almeida afirmou que recebeu a declaração de apoio do PR à sua candidatura ao Senado com muita alegria. "Essa é uma demonstração de respeito e reconhecimento a uma candidatura que representa Timon em todo o Estado do Maranhão. Este gesto dos líderes do PR é uma demonstração de grandeza política e de reconhecimento da importância que é ter um timonense no Senado Federal, defendendo os interesses de nossa cidade, em busca de benefícios para a nossa população".

Para Humberto Silva, presidente do diretório municipal do PR, o apoio à candidatura de Alexandre Almeida representa a preocupação do partido com o melhor para Timon. "Estamos juntos com Alexandre Almeida nessa caminhada, apoiando a sua candidatura para senador, por tudo o que ele representa para a nossa cidade. Ele é a verdadeira mudança no senado, a verdadeira mudança na política de Timon, do Maranhão e do Brasil. Então os timonenses, todos unidos, vamos dar a maior votação da história de Timon para um senador, o primeiro senador eleito da cidade de Timon. Por isso que o partido da república está unido na sua campanha rumo à vitória nas eleições de 07 de outubro".

sexta-feira, 24 de agosto de 2018 às 14:26

Timon: Gonzaga Lú e Trio Asa Branca na Rodeio Churrascaria nesta sexta-feira (24)

Pensou em forró pé de serra? Então, fique sabendo agora. Nesta sexta-feira (24), Rodeio Churrascaria em seu mês de aniversário de funcionamento, apresenta uma atração imperdível com Gonzaga Lu e Trio Asa Branca, a partir das 20h30min. Só que Rodeio Churrascaria estará aberta depois das 18h. 

Faça parte de nossa festa de aniversário. Mas quem ganha o presente é você: uma noite agradável! Rodeio Churrascaria é festa. E o cardápio é variado.

É hoje...

População de Rosário recebe Roseana em grande comício

Um grande comício marcou a visita da candidata ao governo do Maranhão, Roseana Sarney, ao município de Rosário, na noite de quinta-feira (23). Desde a sua chegada à cidade, lideranças e moradores da Região do Munin a seguiram em uma caminhada, manifestando o desejo de ter Roseana de volta ao governo.

No palanque da comitiva, ao lado da prefeita de Rosário, Irlair Moraes, Roseana apresentou seus candidatos ao Senado - Sarney Filho e Edison Lobão; e os deputados candidatos à reeleição João Marcelo, Adriano Sarney, César Pires; e os também candidatos Pastor Lázaro, Cleiane Calvelt e Carlos Filho. Todos discorreram sobre as mazelas por que passa a população, com o fim dos programas sociais, o aumento dos impostos e a perseguição aos trabalhadores maranhenses.

No discurso para cerca de seis mil pessoas, Roseana ressaltou o seu amor pelo estado e pela população, e afirmou que, se eleita, irá retomar os programas sociais, como forma de tirar da miséria 312 mil maranhenses que retornaram ao estado de pobreza no atual governo, segundo estudos oficiais.

“Queremos que o Maranhão cresça, por isso decidi me candidatar. Não tenho medo. Serei a voz dos maranhenses. Sou amiga do povo e com a experiência que obtive na minha vida como política não deixarei que a perseguição reine no estado, porque quando governei foi para todos os municípios. Estou com muita garra e disposição para tornar o Maranhão digno de respeito. Conto com o seu voto 15, Vamos à vitória”, finalizou.

Para Sarney Filho, o momento é de reflexão e “de tomarmos a decisão de fazer com que o Maranhão volte a crescer. Por isso pedimos o seu voto. Chega de autoritarismo, de perseguição, de política do ódio. Vamos voltar a colocar o Maranhão nos trilhos”.   

Para o candidato a reeleição ao Senado, Edison Lobão, o momento é de o povo ter mais fé, de acreditar que somente a experiência dos políticos pode tornar possível a retomada do desenvolvimento do Maranhão. “Alguém melhor que Roseana para governar o Maranhão nesse momento não existe. Eu e Sarney Filho iremos ajudá-la trazendo recursos para o estado”, acrescentou.

A prefeita reeleita de Rosário relatou a perseguição que o município tem sofrido do atual governador. “Um desrespeito ao idoso, aos jovens, aos trabalhadores. Quando fui procurá-lo para falar sobre o problema de água, mandou que eu procurasse a Caema, numa total falta de respeito aos rosarienses. Mas com a nossa guerreira de volta tudo será diferente. Aqui você está em casa Roseana, conte com o voto de Rosário”, afirmou.

quinta-feira, 23 de agosto de 2018 às 20:37

Pesquisa Ibope no Maranhão aponta Flávio Dino com 43% e Roseana Sarney com 34%

Maura tem 3%, Roberto tem 3%, Zapata, 1% e Odívio, 0%. Levantamento foi feito de 20 a 22 de agosto.
G1- Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (9) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo do Maranhão:

Flávio Dino (PCdoB): 43%

Roseana Sarney (MDB): 34%

Maura Jorge (PSL): 3%

Roberto Rocha (PSDB): 3%

Ramon Zapata (PSTU): 1%

Odívio Neto (PSOL): 0%

Brancos/nulos: 8%

Não sabe: 7%

A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante. É o primeiro levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

Sobre a pesquisa

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos.
Quem foi ouvido: 1008 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais.

Quando a pesquisa foi feita: 20 a 22 de agosto.
Registro no TRE: MA-00502/2018.
Registro no TSE: BR-02085/2018.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.
Espontânea

Na modalidade espontânea da pesquisa Ibope (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Flávio Dino (PCdoB): 33%

Roseana Sarney (MDB): 23%

Roberto Rocha (PSDB): 2%

Maura Jorge (PSL): 1%

Odívio Neto (PSOL): 0%

Ramon Zapata (PSTU): 0%

Outros: 1%

Brancos/nulos: 10%

Não sabe: 30%

Rejeição

O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:

Roseana Sarney (MDB): 41%

Flávio Dino (PCdoB): 30%

Roberto Rocha (PSDB): 19%

Maura Jorge (PSL): 14%

Ramon Zapata (PSTU): 13%

Odívio Neto (PSOL): 11%

Poderia votar em todos: 2%

Não sabem: 13%

Conheça o deputado federal de Maura Jorge e Jair Bolsonaro no Maranhão

Natural de São Luís, Luís Vannucci é advogado e pai de uma filha. Desde adolescente, conheceu de perto as dificuldades da vida quando, aos 14 anos, começou a trabalhar como balconista na loja de seu pai, na rua de Santana. Em seguida, trabalhou como instalador de telefones na Telemar. Sempre buscando vencer na vida por meio de esforço e dedicação, foi para Brasília aos 22 anos de idade na busca por melhores oportunidades. 
Lá, Luís Vannucci iniciou a carreira profissional como assessor na Câmara dos Deputados. Sempre atuando nos bastidores, já foi assessor da Diretoria de Relações Institucionais da Secretaria de Governo da Presidência da República e chefe da Assessoria Parlamentar do Ministério do Turismo (MTur), onde ajudou na destinação de diversos projetos para o desenvolvimento do turismo no Maranhão. 

Com o sonho de ver o Maranhão Forte e Desenvolvido, Luís Vannucci se coloca à disposição dos maranhenses como candidato a deputado federal pelo PSL nestas eleições. Com sua experiência em Brasília, Vannucci segue pronto para trabalhar e preparado para servir o Maranhão, sob um novo jeito de fazer política e representando uma renovação qualificada de verdade. 

Para o Governo do Maranhão, Luís Vannucci escolheu caminhar com Maura Jorge por enxergar nela um potencial de uma nova forma de fazer política. Mesmo com sua vasta experiência enquanto prefeita e deputada, Maura traz consigo as necessidades, a bravura e a força do povo interiorano. Além disso, é a candidata que tem percorrido o Maranhão com o desejo de representar verdadeiramente os anseios do nosso povo, sempre se colocando à disposição de conhecer a realidade dos maranhenses e dos legisladores municipais, que ainda enfrentam grandes dificuldades impostas pelo atual sistema político. Para presidente, Luís Vannucci escolheu apoiar Jair Bolsonaro, por entender que o atual momento político exige um presidente de pulso firme para  combater a corrupção e a violência  implantadas no Brasil, restaurando a ordem e a decência tão desejadas pela família brasileira.

Alexandre Almeida recebe apoio de Paulo Marinho Júnior e da maioria dos vereadores de Caxias para sua campanha ao Senado

O deputado estadual e candidato a senador pelo PSDB, Alexandre Almeida, segue recebendo fortes apoios políticos por todo o Maranhão. Na noite desta quarta-feira, 22, foi a vez de Caxias, onde o candidato se reuniu e garantiu o apoio político de 10 dos 19 vereadores do município, além do vice-prefeito e candidato a deputado federal, Paulo Marinho Júnior.

A reunião contou com a presença de Paulo Marinho Júnior, candidato a deputado federal, e dos vereadores Magno Magalhães, Paulo Simão, Neto do Sindicato, Durval, Gentil Cantanhede, Ramos, Sargento Moisés, Repórter Puliça e Darlan Almeida. O vereador Luís Carlos, não pode estar presente, mas também está fechado com o grupo no apoio à candidatura de Alexandre Almeida.

Alexandre Almeida classificou como histórica a atitude dos vereadores que declararam apoio à sua candidatura. "Tivemos a oportunidade de unir a força política de Caxias com Timon e com essa união fortalecer essa candidatura que tem o propósito de trabalhar uma nova consciência na política do Maranhão. Essa região espera a muito tempo por ações e benefícios que possam melhora a vida das pessoas. Nós temos todas as condições para o desenvolvimento dessa região".

"Essa união de Alexandre e Paulo Marinho Júnior é a união de dois jovens que representam a renovação política no Maranhão e considerando a força eleitoral dos dois municípios, nós temos nessa união um grande fortalecimento das duas candidaturas", afirmou Alexandre, que destacou também que os apoios recebidos em Caxias representam "um passo muito firme na direção da nossa vitória".

Além do apoio dos vereadores em Caxias, a quarta-feira foi de destaque para Alexandre Almeida, que também recebeu o apoio do Partido da República (PR) em Timon para a sua campanha eleitoral.

Nova fase da Operação Escamoteamento combate fraudes e desvios de recursos no Piauí

Terceira fase apura irregularidades em licitações no município de Buriti dos Lopes (PI)
Nesta quinta-feira (23), o Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) participa da terceira fase da Operação Escamoteamento, no Piauí. A ação é uma continuação da investigação, iniciada em 2017, destinada a desarticular organização criminosa especializada em fraudar licitações e desviar recursos públicos em municípios piauienses, com atuação também em cidades do Ceará e do Maranhão.

Como nas primeiras fases, a CGU atua em conjunto com o Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado do Piauí, com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), com o Tribunal de Contas do Estado (TCE/PI) e com a Polícia Civil do Piauí. No ano passado, a primeira fase (ver release) foi deflagrada em abril e a segunda em outubro.

Nesta terceira fase, a investigação abrange empresários e ex-gestores do município de Buriti dos Lopes (PI), que, da mesma forma que no município de Cocal (PI), atuavam em conluio para vencerem as licitações e desviarem recursos públicos por meio da emissão de notas fiscais frias.

Estão sendo cumpridos 13 mandados de busca e apreensão, sete de prisão preventiva e seis de prisão temporária, distribuídos entre os municípios de Buriti dos Lopes (PI), Tianguá (CE), Viçosa do Ceará (CE) e Fortaleza (CE). Participam da deflagração aproximadamente 80 agentes públicos, entre membros do Ministério Público, policiais e auditores da CGU e do TCE/PI.

Escamoteamento

A Operação Escamoteamento teve como base fiscalização da CGU, que apurou a existência de empresas “fantasmas” contratadas de forma fraudulenta, entre 2013 e 2015, no município de Cocal (PI). Os desvios – que incidem sobre recursos federais, estaduais e municipais – tinham o envolvimento, conjunto e articulado, de servidores da Prefeitura e de representantes de empresas (sem capacidade operacional e algumas sem sede física). O prejuízo estimado, nas primeiras fases, é da ordem de R$ 18 milhões.

O nome da operação faz referência à tentativa dos envolvidos de esconder a atuação da organização criminosa instalada na região para dar aparência de legalidade às contratações realizadas. As informações são da CGU.